População poderá escolher nomes dos filhotes do K9 da GM de BC

Os filhotes, um macho e uma fêmea, ainda não tem nome, mas a população poderá escolher como chamá-los

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Balneário Shopping presenteia clientes do estacionamento com mimos especiais

Até o final de setembro, o “Blue Card – Visita Premiada” surpreenderá 1001 clientes com mimos e atrações especiais
Ana Claudia Squario / Divulgação

A Guarda Municipal conta com dois novos cachorros para auxiliar na segurança pública de Balneário Camboriú. Os filhotes, um macho e uma fêmea, ainda não tem nome, mas a população poderá escolher como chamá-los. A enquete será feita no stories do Instagram da Prefeitura durante toda essa semana.

Já foram escolhidos pela Guarda Municipal quatro nomes para a fêmea (Hope, Ayka, Flecha e Fly) e quatro para o macho (Aruk, Ayron, Bolt e Thunder). Com esses serão feitas enquetes para definir os nomes dos cachorrinhos. Nesta segunda-feira, 29.jul.2019, será feita a enquete entre os nomes para fêmea Hope x Ayka. Já na terça-feira, 30.jul.2019, a escolha será, ainda para o nome da fêmea, entre Flecha x Fly. Na quarta-feira, 31.jul.2019, será a enquete para o nome do macho, Bolt x Thunder, e na quinta-feira, 1.ago.2019, entre Aruk x Ayron. Na sexta-feira, 2.ago.2019, será feita a enquete com os dois nomes mais votados para a fêmea e os dois nomes mais votados para o macho. O resultado será divulgado no sábado, 3.ago.2019.

Conheça os novos filhotes

Os cachorrinhos são filhos do experiente Black, cão de faro que auxilia há quatro anos o Grupo de Patrulhamento com Cães da Guarda Municipal (K9). Ao todo nasceram oito filhotes, sendo que dois foram selecionados para fazer parte da equipe, os outros seis ficaram com os donos da fêmea, mãe dos pequenos.

Assim que ficarem mais fortes, os dois pastores-belgas malinois serão treinados pelos profissionais de segurança e, se tiverem aptidão para o trabalho (faro e ataque), vão integrar a equipe. Caso não sejam aptos para o serviço, eles vão para a adoção, como prevê o regulamento do K9.

“Existem testes especiais que quando aplicados, induzem os cães a apresentarem comportamentos. E com base nesses comportamentos, temos uma pequena noção daqueles cães que possivelmente irão servir para o trabalho”, explicou o secretário de Segurança, David Queiroz.

Os cães poderão trabalhar até os oito anos de idade ou seis anos de serviço. A partir dos seis meses, dependendo do tipo de serviço, eles já poderão ser utilizados. Porém, somente a partir de um ano, o cão começa amadurecer e ficar totalmente pronto.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Confira o novo combo promocional da Personal Chef Fit Kris Borba

A Chef Kris traz nesse mês de setembro um combo Detox, super prático, econômico e muito saboroso
- Publicidade -