- PUBLICIDADE -

Candidatos ao Conselho Tutelar realizam prova em Camboriú

São cinco vagas para titulares e cinco para suplentes no Conselho Tutelar, os selecionados assumem em janeiro do ano que vem

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

A Comissão Eleitoral do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Camboriú (CMDCA), aplicou nesse domingo, dia 28, a prova de conhecimentos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente. A prova faz parte do processo de escolha dos novos membros do Conselho Tutelar de Camboriú, e foi realizada na Escola Básica Professor Artur Sichmann. O gabarito estará disponível na tarde desta segunda-feira, 29.jul.2019, no site da Prefeitura > editais > conselhos municipais.

A aplicação do teste é a segunda etapa e dos 22 inscritos, 20 fizeram a prova. Nesta fase os candidatos deverão obter a nota igual ou superior a 6.0 para avançar para a próxima fase – processo de escolha – por meio de voto comunidade.

São cinco vagas para titulares e cinco para suplentes no Conselho Tutelar, os selecionados assumem em janeiro do ano que vem. O processo de escolha está marcado para o dia 6 de outubro.A realização da prova contou com a presença da Promotora de Justiça, Caroline Cabral Zonta e do Procurador-Geral do Município, Helio Cardoso Derenne Filho.


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.