- PUBLICIDADE -

Produtor de Água vistoriou duas propriedades nesta terça-feira

A visita técnica é condicionante para a liberação do Pagamento por Serviços Ambientais

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

A equipe do Projeto Produtor de Água, programa da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa), que visa a conservação e recuperação das áreas de preservação permanente das margens do Rio Camboriú, realizou nesta terça-feira, 25.jun.2019, duas vistorias em propriedades inseridas no programa. A visita técnica é condicionante para a liberação do Pagamento por Serviços Ambientais (PSA).

Na localidade do Braço, em Camboriú, foi vistoriada a propriedade de Renato Tadeu Rodolfo, com uma área de 51,28 hectares, sendo 30,28 hectares como área de conservação. Cerca de 59% de sua propriedade está inserida no projeto.
Essa era a última vistoria do atual contrato, que foi renovado por mais um ano com anuência do participante.

A propriedade de Alceu Daud de Mello, na Limeira, também recebeu visita da equipe. Cerca de 60% da propriedade, da área total de 34,29 hectares está inserida no projeto, sendo 19,46 ha como área de conservação e 0,99 ha da área em processo de restauração.

As propriedades participantes do Produtor de Água são vistoriadas a cada seis meses pela equipe de suporte técnico para liberar o valor do auxílio, que é calculado pela área inserida. “Durante as visitas verificamos se a área está sendo preservada e auxiliamos o participante sanando dúvidas e passando orientações. Nessas vistorias, ambas estavam com tudo certo e será liberado o benefício e uma delas o contrato foi renovado”, explica a engenheira Ambiental, Rafaela Santos.

Adesão ao Produtor de Água

O Produtor de Água prevê ações de conservação da vegetação nativa e restauração de áreas degradadas, por meio de auxílios financeiros aos proprietários que integram o programa. Até o momento, a iniciativa conta com 25 propriedades parceiras e possui cerca de 1084 hectares de área conservada, além de 59 hectares em processo de restauração.

O edital para fazer parte do programa continua aberto neste link, na aba “inscrições”. Os produtores rurais com interesse devem entregar os documentos necessários na sede da Emasa – 4ª Avenida, 250, Centro, das 12h às 18h, até o dia 6 de fevereiro de 2020. Confira mais informações no site da Emasa: www.emasa.com.br/produtordeagua.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.