Produtor de Água faz vistoria em três propriedades nesta semana

A cada seis meses o suporte técnico faz vistoria nas propriedades participantes do projeto para liberar o valor do auxílio, que é calculado pela área inserida

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Nesta semana, a equipe do Projeto Produtor de Água, programa que visa a recuperação das áreas de preservação permanente das margens do Rio Camboriú, realizou três vistorias em propriedades inseridas no programa para a liberação do Pagamento por Serviços Ambientais (PSA).

Na terça-feira, 14.maio.2019, a propriedade visitada foi do Samuel Cardoso, com 29 hectares de área conservada e está localizada no Bairro Caetés, em Camboriú. O proprietário participa do projeto desde junho de 2018.

Já na quinta-feira, 16.maio.2019, na localidade do Louro, em Camboriú, a visita foi na propriedade do Evaldo Schroeder, com 4,3 de área conservada. E a última propriedade vistoriada, do Luiz Carlos Campos, na localidade Areia Vermelha, está em processo de certificação orgânica e possui 5,6 hectares de área conservada e 0,7 hectares de área de restauração.

A cada seis meses o suporte técnico faz vistoria nas propriedades participantes do projeto para liberar o valor do auxílio, que é calculado pela área inserida. “Durante as visitas a equipe técnica verifica se a área está sendo preservada e auxilia o participante com algumas orientações”, explica a engenheira Ambiental responsável pelo programa, Rafaela Santos. Quando é necessário, a equipe também dá suporte ao proprietário com serviços de restaurações da região, como plantio de mudas, cercamentos, regeneração, adubação e outros serviços para a recuperação do território.


Adesão ao Produtor de Água

O Produtor de Água prevê ações de conservação da vegetação nativa e restauração de áreas degradadas, por meio de auxílios financeiros aos proprietários que integram o programa. Até o momento, a iniciativa conta com 25 propriedades parceiras e possui cerca de 1084 hectares de área conservada, além de 59 hectares em processo de restauração.

O edital para fazer parte do programa continua aberto neste link, na aba “inscrições”. Os produtores rurais com interesse devem entregar os documentos necessários na sede da Emasa – 4ª Avenida, 250, Centro, das 12h às 18h, até o dia 6 de fevereiro de 2020. Confira mais informações no site da Emasa.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -