- PUBLICIDADE -

CDL cobra solução para estacionamento rotativo de Balneário Camboriú

Em reunião com a entidade, prefeito em exercício diz que Executivo pretende lançar até julho quarto edital de licitação para reimplantar o sistema

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube
CDL 2
Divulgação

A prefeitura de Balneário Camboriú pretende lançar até julho o quarto edital de licitação para reimplantar o estacionamento rotativo nas ruas do município. Representantes da diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Balneário Camboriú (CDL-BC) e da subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) estiveram reunidos na tarde desta terça-feira, 21, com o prefeito em exercício, Carlos Humberto Metzner Silva, para exigir uma solução para o estacionamento rotativo do município antes da chegada da temporada de verão.

A nova proposta para a implantação do sistema na cidade será mais simples que a licitação anterior e não prevê a instalação de parquímetros. O sistema, segundo o vice-prefeito explicou à CDL, terá pontos fixos de venda e um aplicativo que vem com a ideia de comodidade e praticidade aos motoristas. A expectativa é de que, se não houver atraso, o novo sistema esteja funcionando até outubro.

De acordo com a presidente da CDL, Eliane Colla, a falta de estacionamento rotativo está inviabilizando o comércio de rua em Balneário Camboriú. Ela citou o exemplo de empresas que fecharam as portas por conta da falta de vagas no centro da cidade. A advogada Janete Nola Canei, representante da OAB na reunião, também destacou a importância do estacionamento rotativo nas ruas de Balneário Camboriú. A advogada e Sirlei Rigon, representante da Carmen Confecções, também cobraram da administração uma maior presença no combate à mendicância.

Conforme Carlos Humberto, a administração está empenhada em encontrar uma solução para o problema do estacionamento rotativo. “Nós também temos as mesmas dores dos comerciantes”, ponderou. A reunião contou ainda com a presença do diretor presidente do Compur, José Fernando Marchiori Junior, do Secretário de Compras, Samaroni Benedet, e do delegado Davi Queiroz, secretário de Segurança do município.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -