Audiência concilia o uso da água entre Emasa e rizicultores

Desentendimento entre as partes iniciou após ser retirada as barragens dos rizicultores

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Tear Escola de Negócios abre novas turmas com aulas aos sábados

Inscrições abertas para o Programa de Desenvolvimento de Líderes da Tear Escola de Negócios
Barragens do Rio Camboriú (Arquivo)

Nesta quinta-feira, 11.abr.2019, o Vice Prefeito de Camboriú, Ramon Jacob, esteve junto aos vereadores, representantes da Emasa e rizicultores, em audiência para um acordo no uso da Água.

O desentendimento entre as partes iniciou quando, em janeiro barreiras foram retiradas pela prefeitura de Balneário Camboriú, impedindo os produtores de plantar arroz por falta de irrigação. A desconstrução das barragens foi feita para que o Rio Camboriú corra sem intervenções e por estar em estado de atenção.

Durante audiência foi feita a conciliação entre os envolvidos acordado que a água seja captada para irrigação até o dia 22 de Dezembro e assim ser feito o plantio e cultivo do arroz. O que para o vice prefeito, foi justo, favorecendo ambos lados: “Se o campo não Planta a cidade não janta! Acordo assinado. Bom para os rizicultores e para a Emasa!”, pontuou.

Participaram também da reunião o Presidente da Câmara, Zeca Simas, Márcio Pereira e a Vereadora Inalda do Carmo.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Saiba onde comemorar o aniversário de Balneário Camboriú

Balaroti realiza no dia 20 de julho uma festa especial para os clientes
- Publicidade -