Divulgação

O Projeto de Gestão Integrada da Orla Marítima (Projeto Orla) será apresentado a líderes de associações comunitárias na segunda-feira, 18.mar.2019, às 18h, na Câmara dos Vereadores de Balneário Camboriú. Do governo federal, o Projeto Orla objetiva o ordenamento dos espaços litorâneos, definindo o que pode ou não ser feito na orla.

Para o desenvolvimento do Projeto, o Município contratou, por meio de processo licitatório, o geógrafo Pedro Nasser, instrutor capacitado pela Secretaria do Patrimônio da União. O Município também criará uma comissão para tratar do assunto envolvendo representantes das secretarias do Meio Ambiente, Turismo, Planejamento e da Fundação Municipal de Esportes. Após a articulação entre os governos e a sociedade, será elaborado o Plano de Gestão Integrada da Orla (PGI).

“O Projeto Orla fará um planejamento a curto, médio e longo prazo da ocupação da orla, incluindo todas as praias de Balneário Camboriú. Esse planejamento terá a participação popular”, explica a coordenadora de Projetos Especiais da Secretaria do Meio Ambiente, Eduarda Montibeller Schuch.

A primeira atividade do Projeto Orla será nesta segunda-feira, e a última está prevista para 24 de outubro, quando será apresentado o PGI final em audiência pública. O PGI não será lei, mas um documento orientativo.

“Vamos construir com o Município e os moradores como será a ocupação da orla de Balneário Camboriú para os próximos 10 anos. Será um plano para compatibilizar os usos e ocupação da faixa litorânea com a questão ambiental, organizar o que está em conflito, como definir áreas para pesca, para atividade esportiva”, diz Nasser.

Na reunião interna sobre o projeto, ocorrida semana passada, o secretário do Meio Ambiente, Ike Gevaerd, pediu para que, durante a elaboração, seja levada em consideração os estudos já feitos sobre a orla de Balneário Camboriú. “É preciso aproveitar o que já se estudou, trazer novidades e fazer um Projeto Orla inovador e moderno, como a nossa cidade merece”, comenta o secretário.


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)