Divulgação

Através do serviço de Abordagem Social, mais pessoas seguem viagem rumo a uma nova história. Nesta quarta-feira, 20.fev.2019, por meio da campanha “Dar esmola mantém ele na rua. Dê oportunidade: Ligue 156”, da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, 16 pessoas viajaram para Urubici, onde irão trabalhar em uma empresa que realiza colheitas em lavouras.

Somente no mês de fevereiro, foram feitos 35 encaminhamentos ao mercado de trabalho. Foram 30 para Urubici, na mesma empresa de colheita em lavouras, e cinco para Tijucas onde estão trabalhando em uma olaria.

A secretária de Desenvolvimento e Inclusão Social, Christina Barichello, explica que o Resgate Social, além de recolher essas pessoas das ruas, humaniza e dá oportunidade para um novo começo às pessoas em vulnerabilidade social. “Estamos buscando parcerias para pessoas em situação de rua reiniciarem no mercado de trabalho. Para que possam retomar sua caminhada digna, com um futuro melhor”, disse.

Altivo José Borgan foi um dos selecionados para o trabalho e conta sobre a nova experiência. “Fomos muito bem recebidos aqui, a oportunidade que a Inclusão Social deu pra nós foi a melhor coisa possível para cada um ter a chance de retomar à vida novamente e conseguir progredir”, contou. O contrato tem duração de quatro meses com a possibilidade de prorrogação de acordo com a necessidade da empresa.

A Campanha “Dar esmola mantém ele na rua. Dê oportunidade: Ligue 156” já contabiliza mais de quatro mil acolhimentos em três meses.

Os Parklets são espaços públicos de convivência semelhantes a miniparques, que ocupam vagas de estacionamento em vias públicas.

Posted by Click Camboriú on Thursday, February 21, 2019


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)