Divulgação

Balneário Camboriú será premiada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por ter uma das “Melhores Experiências com Idosos do Brasil”. O reconhecimento veio através do Programa ABRAÇO de Proteção ao Idoso. Criado em abril de 2017, o ABRAÇO atende idosos em situação de risco, oferecendo acompanhamentos psicológico, jurídicos e de locomoção.

A premiação será realizada em Brasília no dia 26 de novembro. Apenas 14 experiências foram premiadas no país. “Nós implementamos o Programa ABRAÇO para que ele tenha um papel de atenção, proteção e acolhimento aos que necessitam. É um programa que tem servido de modelo para ações similares que estão sendo implantadas em muitos municípios brasileiros. O cuidado e a atenção ao idoso tem sido uma constante e é compromisso de governo, tanto na proteção dos direitos quanto na valorização e integração desses cidadãos 60+”, comentou o prefeito Fabrício Oliveira.

A Fiocruz, que foi fundada em 1900, é reconhecida como uma das principais instituições de ciência e tecnologia em saúde da América Latina. Para esta premiação, foram colhidos programas com experiências de saúde voltadas para o idoso. Foram selecionadas nove experiências municipais e cinco estaduais.

Entre os objetivos do Programa ABRAÇO descritos no projeto e que podem ser vistos no site da Fiocruz, estão assegurar à pessoa idosa respeito e dignidade, como pessoa humana e sujeito de direitos civis, políticos, individuais e sociais, garantidos na Constituição e nas leis.

O Programa foi criado pela Prefeitura de Balneário Camboriú, através da Secretaria da Pessoa Idosa, com apoio da 6ª Promotoria do Ministério Público. A equipe é formada por pedagoga, psicóloga, assistente social, uma advogada e um administrador.

Desde que foi criado o programa já realizou 2.684 atendimentos. Durante o atendimento é identificado se o idoso faz acompanhamento de saúde na rede pública ou privada, e se for preciso, este é encaminhado para os serviços públicos disponibilizados pelo município. É realizado também a sensibilização e o trabalho de convivência, para participar das oficinas da Secretaria da Pessoa Idosa, que hoje são 89, variando em atividades que trabalham o corpo e a mente.

Para a secretária da Pessoa Idosa, Christina Barichello o prêmio é um reconhecimento pelo trabalho com os idosos. “Não tratamos eles como coitadinhos. Inserimos eles na sociedade e mostramos a importância que essas vidas têm, passando suas experiências para os mais jovens e aproveitando a vida”, disse ela.

A Secretaria da Pessoa Idosa se tornou referência nacional pelos trabalhos prestados. Em maio deste ano, Balneário Camboriú sediou o Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, que contou com 342 pessoas de 154 cidades, dos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além de membros do Governo Federal, da Organização Pan-Americana da Saúde e da Organização Mundial da Saúde.

Esta é a segunda vez que Balneário Camboriú é reconhecida pela Fundação Oswaldo Cruz. Em outubro do ano passado, o trabalho com o Quilombo de Passagem do Morro do Boi, foi um dos selecionados na 5ª edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. “Fomos até o Quilombo de Passagem, conversamos e levamos psicólogos, pedagogo e historiadora, para entender suas reais necessidades de atendimento médico e básicos. Propusemos para eles resgatar elementos da comunidade, cultural e histórico, através de conversas para retratar sua ancestralidade”, disse Christina Barichello.

Vítima foi assaltada na Rua 2950 durante a madrugada de domingo, 4.

Posted by Click Camboriú on Monday, November 5, 2018


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)