- PUBLICIDADE -

Vereadores pretendem fiscalizar procedimentos realizados no Hospital Cirúrgico de Camboriú

Objetivo é verificar como o hospital está atuando no município e buscar alternativas para diminuir as filas de espera para as cirurgias

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

Hospital Cirúrgico Camboriú
Divulgação

Desde que foi reaberto, há mais de seis meses, o HCC – Hospital Cirúrgico Camboriú, já realizou algumas cirurgias eletivas nas especialidades de cirurgia geral, ginecologia, ortopedia, cirurgia vascular, oftalmologia e urologia.

Com o objetivo de fiscalizar esses procedimentos e também os que estão previstos para os próximos meses, dois requerimentos de urgência foram aprovados por unanimidade dos presentes, na sessão ordinária da última quinta-feira (24), na Câmara de Camboriú.

Os vereadores solicitam através dos documentos, dados sobre os atendimentos realizados (nas cirurgias e no plantão), exames, e também quais e quantos profissionais atuam no hospital. Os requerimentos estão direcionados a Secretaria de Saúde e a Diretoria da unidade, que devem encaminhar as informações em até quinze dias.

Segundo os parlamentares, o objetivo é verificar como o hospital está atuando no município e buscar alternativas para diminuir as filas de espera para as cirurgias.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.