Programa Defesa Civil na Escola teve aula inaugural nesta quinta-feira

O Projeto será realizado, por hora, nos CEM’s Ivo Silveira, Tomás Francisco Garcia, Dona Lili e Nova Esperança

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Nesta quinta-feira, 24, a Secretaria do Estado de Defesa Civil e a Defesa Civil de Balneário Camboriú lançaram o programa “Proteção e Defesa Civil na Escola em Defesa do Cidadão – Preparando para um Futuro Melhor” no CEM Ivo Silveira. O projeto é uma parceria entre a Defesa Civil e o Instituto Federal Catarinense de Camboriú (IFC), com participação da Secretaria de Educação (SEDUC).

O Projeto será realizado, por hora, nos CEM’s Ivo Silveira, Tomás Francisco Garcia, Dona Lili e Nova Esperança. O critério para a escolha dessas escolas foi o histórico de problemas relacionados à chuva vividos pela comunidade escolar. Os professores receberão qualificação necessária para abordar conteúdos relacionados à prática da Defesa Civil e irão incluí-los nas disciplinas regulares dos estudantes.

Autoridades da Defesa Civil estadual e municipal, SEDUC e IFC marcaram presença na aula inaugural, bem como uma turma do 8º ano do CEM Ivo Silveira, anfitrião do evento. A aluna Maria Alécio, de 13 anos, foi uma das participantes da aula. “Acho bem importante o que o programa vai nos passar, pois assim podemos nos proteger melhor”, disse.

O diretor da Defesa Civil de Balneário Camboriú, Fabrício Melo, destacou o campo de atuação do projeto. “O conteúdo foi preparado pelo IFC e pela Defesa Civil Municipal. Nós qualificamos esses professores para então eles poderem replicar o conteúdo em sala de aula. Ele é incluído dentro das disciplinas regulares, para que no final do ano haja uma formatura e o aluno ainda poderá dar continuidade multiplicando o que aprendeu com a comunidade que o cerca”, explica.

Dentre as atividades que poderão ser realizadas pelos alunos, fora da sala de aula, relacionadas ao projeto, estão a participação de campanhas, gincanas, dinâmicas e visitas à Defesa Civil do município. A gerente de capacitação, pesquisa e projeto da Secretaria do Estado de Defesa Civil, Regina Panceri, fala dos benefícios do projeto. “A ideia é começar a disseminar esses conhecimentos que estão relacionados à gestão de riscos e de desastres com os estudantes. Mudando o comportamento e a cultura, futuramente nós vamos ter cidades e pessoas mais resilientes e autoprotegidas”, fala.

O objetivo do programa é envolver professores, alunos e famílias na preparação para a proteção e defesa civil. “Já existem alguns municípios com o projeto em andamento, mas na nossa região Balneário Camboriú é o primeiro. Nos cabe levar aos cidadãos a informação de prevenção e preparação. O cidadão é um agente de transformação”, disse durante a apresentação do projeto a coordenadora do curso de Agente Comunitário de Proteção e Defesa Civil do IFC/Camboriú, Cleonice Beppler.

A secretária de educação de Balneário Camboriú, Rosângela Percegona Borba, fala sobre a participação a educação no programa. “Quando fomos procurados pela Defesa Civil, nós prontamente já conseguimos enxergar a necessidade de ajudarmos nesse projeto. Então o objetivo é estarmos juntos auxiliando na questão da informação e do conhecimento para que boa parte da população saiba como agir em situações difíceis. Começamos timidamente com quatro escolas, mas acreditamos que podemos começar pequeno para depois nos tornarmos grandes. A nossa intenção é divulgarmos em todas as unidades da Rede Municipal de Balneário Camboriú”, completa.

Posted by Click Camboriú on Thursday, May 24, 2018

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -