Centro de Eventos deverá estar pronto em novembro

A obra física deve ser concluída em 60 dias

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

O Centro de Eventos de Balneário Camboriú deverá estar pronto em novembro. Essa é a estimativa do secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Tufi Michreff Neto, que recebeu uma comitiva de Balneário Camboriú para tratar do assunto em Florianópolis na tarde de terça-feira, 22. Formada por representantes da Prefeitura, da Câmara de Vereadores, do Conselho Municipal de Turismo e do trade turístico, a comitiva levou ao secretário a preocupação com a demora na entrega do Centro de Eventos.

A obra física deve ser concluída em 60 dias. No entanto, ainda precisam ser instalados elevadores, sistema de refrigeração e divisórias. Para esse serviço, será aberta licitação. “Trabalhamos com novembro como prazo razoável, mas nossa meta é antecipar”, disse o secretário.

O grupo vai se reunir com Neto novamente em 19 de junho, no Centro de Eventos, quando serão apresentados encaminhamentos referentes aos prazos para a licitação dos equipamentos complementares e à administração do local. Outra preocupação do grupo é com a gestão do espaço, pois eventos já estão programados para Balneário Camboriú, como o Congresso Brasileiro de Contabilidade, previsto para 2020.

“Cada evento que a gente deixa de fazer em Balneário Camboriú dá um prejuízo de R$ 20 milhões. Estamos preocupados com quem vai gerir o local. Poderia ter uma gestão provisória enquanto não há uma definição sobre isso”, comentou o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú, Miro Teixeira, que representou a Prefeitura, com a secretária de Planejamento, Adeltraut Schappo.

Para acompanhar os encaminhamentos tanto da obra como da gestão do Centro de Eventos, ficou estabelecido na reunião que serão criados dois grupos de trabalho. “Vamos montar um grupo que vai monitorar a questão técnica de conclusão da obra e um grupo para acompanhar o processo de gestão do local. Ficamos bem satisfeitos, porque em nenhum momento tínhamos acertado isso antes”, ressaltou Miro.

“Foi uma reunião decisiva, houve um alinhamento entre a Prefeitura e o Governo do Estado”, disse a presidente do Conselho Municipal de Turismo, Dirce Fistarol.

O Centro de Eventos começou a ser construído em 2015, com recursos municipais, estaduais e federais. O valor é de R$ 89.647.405,80, sendo que 61% da verba é federal. A obra está 86,18% executada.

Homicídio no Drive Thru

Câmeras do restaurante Mc Donald's registraram toda a confusão que levou à morte do técnico de informática Cesar Augusto Izzo, de 29 anos.Demorou somente 1 minuto, do início da confusão, quando Cesar chega no restaurante e sai do seu carro discutindo com um rapaz do carro da frente, até o momento que é baleado pelo motorista, após os ocupantes do veículo se unirem para tentar agredir a vítima. Logo após, o grupo entra no automóvel se evade, enquanto a esposa de César sai do carro para socorrê-lo.Os suspeitos do crime aparecem no final do vídeo. Eles estão sendo procurados pela polícia. Informações sobre o paradeiro dos suspeitos podem ser repassadas com sigilo para o 181.

Posted by Click Camboriú on Wednesday, May 23, 2018

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -