- PUBLICIDADE -

Itajaí garante 18 milhões de reais para saneamento básico

Verba do Orçamento Geral da União é destinada para obras no Cidade Nova

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

saneamento itajai
Divulgação

O Município de Itajaí angariou em Brasília mais verbas para investimento em infraestrutura. Nesta semana, a Caixa Econômica Federal homologou a liberação de mais de 18 milhões de reais do Orçamento Geral da União do Governo Federal para o saneamento básico do Cidade Nova. Os recursos foram liberados pela Secretaria de Saneamento Básico do Ministério das Cidades considerados como fundo perdido, um repasse sem ônus para o município.

As obras de esgotamento são parte do Projeto Parque Linear Cidade Nova iniciadas com a ampliação da rede de macrodrenagem na Avenida Ministro Luiz Galotti e Rua João Lamim, iniciadas em novembro de 2013 e concluídas em junho do ano passado. Além dessas obras subterrâneas, o projeto prevê obras de pavimentação e iluminação pública, recuperação ambiental e reassentamento de famílias que ocupam as encostas do Rio Itajaí-Mirim.

“A obra terá impacto direto na qualidade de vida da população e no cuidado com o meio ambiente”

O prefeito Volnei Morastoni comemorou o resultado e avaliou a importância das obras na região. “O Parque Linear no Cidade Nova representa a preocupação deste governo em promover um desenvolvimento integral. Um desenvolvimento que passa pelas obras de drenagem e saneamento básico, iluminação pública, pavimentação e asfalto, reurbanização da área e recuperação do meio ambiente, além de garantir moradia digna para população. Ou seja, promover a dignidade humana em todas as suas áreas.”

O diretor-geral do Semasa, Marcelo Sodré, ressalta a importância do investimento. “A obra terá impacto direto na qualidade de vida da população e no cuidado com o meio ambiente. Mas temos que lembrar os cálculos da Organização Mundial da Saúde (OMS) segundo a qual para cada real investido em saneamento, são economizados R$ 4,3 reais em custos com tratamento de doenças. Então também estamos falando em um investimento indireto de R$ 77 milhões na saúde da população”, explica Sodré.

Os recursos foram liberados após readequação de valor requerida pelo Município de Itajaí para R$18.395.590,33. “Os valores do projeto original estavam defasados, por isso fomos até o ministério para garantir mais recursos. É uma grande conquista”, avalia o coordenador do Planejamento Estratégico (PEMI) e responsável pela captação de recursos, Alcides Volpato. A obra é de responsabilidade do Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura (Semasa) e com a garantia da verba, o processo licitatório para contratação da empresa será lançado nos próximos dias.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.