Reajuste de 10%: Passagem do Bondindinho passa a custar R$ 5,50

Para implantar reajuste, a proposta precisou passar por análise da Prefeitura

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Imagem ilustrativa

A tarifa do transporte urbano e do Bondidinho, ambos da Empresa Expressul, de Balneário Camboriú, terão reajuste. A correção da tarifa está prevista em contrato, acontece anualmente e foi solicitada à Administração Municipal, que desenvolveu minucioso estudo dos critérios que justificaram o aumento. A passagem do transporte urbano que custa R$ 3,80 passará a custar R$ 4,00, um reajuste de 5,3%. Já a do Bondidinho passará de R$ 5,00 para R$ 5,50, um reajuste de 10%. O decreto autorizando a operação foi publicado nesta quarta-feira (20).

O transporte VIP e o Panorâmico, serviços prestados pela mesma empresa manterão os valores. A correção ocorre, habitualmente, entre os meses de novembro e dezembro. A revisão na tarifa foi solicitada pela diretoria da Expressul que apresentou à Administração uma série de planilhas justificando a alteração no preço. O serviço é baseado em uma concessão e por isso, para implantar reajuste, a proposta precisa passar por análise da Prefeitura.

Entre os argumentos para o reajuste estão a depreciação da frota, os custos com combustível e outros itens como máquinas, instalações e equipamentos. Em contrapartida, a Administração Municipal realizou um estudo que apontou a necessidade de melhorias no transporte, por parte da concessionária. A empresa deverá até o final de 2018, ter que implantar sistema de ar-condicionado, em pelo menos 50% da frota, além de ter que fornecer ao usuário as informações sobre itinerários e horários dos ônibus.

De acordo com o diretor de Trânsito da Prefeitura, o engenheiro Carlos Germani Santi, a Secretaria Municipal de Segurança Pública fez um estudo para analisar o custo de cada passageiro e as argumentações apresentadas pela empresa. “Foi concedido porque o cálculo apresentado pela empresa é coerente com o nosso. No entanto, o reajuste sozinho não é suficiente para equacionar os problemas do transporte de Balneário Camboriú, havendo necessidade de investimentos tanto da concessionária quanto do poder público” explicou Santi.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -