Rua Corupá recebe requalificação urbanística

A ideia é humanizar a via, aproveitando os espaços vagos e transformando-os de forma criativa em áreas de recreação e convivência

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Os moradores da Rua Corupá, em Balneário Camboriú, tiveram um domingo diferente. Eles participaram de uma ação promovida pelo projeto de extensão “Ideia Expressa” e do Laboratório de Paisagismo da Univali, em parceria com a Prefeitura e a Associação de Moradores do Bairro dos Municípios que realizou uma requalificação urbanística na rua. A ideia é humanizar a via, aproveitando os espaços vagos e transformando-os de forma criativa em áreas de recreação e convivência. Tudo isso para resgatar o senso de comunidade e cuidado com os espaços públicos.

A ação reuniu moradores, acadêmicos dos cursos de design e arquitetura, Secretarias de Segurança, Obras, Meio Ambiente, Educação e Inclusão Social e Associação de Moradores. Cerca de 10 equipes se dividiram ao longo da rua plantando árvores, instalando floreiras verticais com flores e hortaliças e pintando muros e paredes externas das casas de moradores voluntários. “Durante todo o ano realizamos conversas com moradores para conhecer a realidade deles e o que eles esperavam da rua onde moram. A maioria deles tem muito orgulho de viver na Rua Corupá, então nossa ideia foi resgatar esse senso de comunidade e pertencimento. Fizemos uma avaliação urbanística da rua e com base nos anseios dos moradores desenvolvemos essa primeira ação. Nossa meta é fazer com que a comunidade tome posse da rua, entenda que ela é um espaço para todos”, falou o professor Rafael Alves de Campos, um dos responsáveis pela ação junto com o professor Gustavo Russo, responsável pelas intervenções artísticas com stencil.

Para a atividade, a Univali desenvolveu a iniciativa técnica e buscou o apoio da Associação de Moradores do Bairro dos Municípios, que auxiliou na interlocução com os moradores, e da Prefeitura que doou mudas de flores, hortaliças e tinta. Já a Guarda Municipal esteve presente por cerca de dois meses através de uma operação de “Estagnação” no Bairro dos Municípios para proteger o cidadão e reprimir a criminalidade e hoje participou da ação, se aproximando dos moradores. “A ideia da Secretaria de Segurança é justamente se aproximar dos moradores para que eles saibam que podem confiar nos Guardas Municipais e que juntos podemos fazer da Rua Corupá e de todo o bairro mais seguros”, falou o secretário de Segurança, Gabriel Castanheira.

“Dentro de uma filosofia de policiamento comunitário, junto com este tipo de ação policial se faz necessário que outras ações de cunho social sejam desenvolvidas continuamente no local, principalmente com a participação dos moradores, e é isso que está sendo feito”, contou o diretor de Projetos da Secretaria de Segurança, Flávio Jacques. Segundo ele, o projeto se mantém em desenvolvimento com a participação dos moradores e já existem sugestões da própria comunidade para alteração do trânsito na via e criação de uma rota turística cultural naquela região.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -