Águas de Camboriú solicita prorrogação de manutenção da ETA à Emasa

A concessionária solicita ainda que paralisações programadas ocorram com um intervalo mínimo de 30 dias e que aconteçam preferencialmente aos domingo, após o meio-dia

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Arquivo

A Águas de Camboriú encaminhou ofício à Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (Emasa) solicitando para que prorrogue serviço de manutenção na Estação de Tratamento de Água (ETA) programada para esta quarta-feira, 29 de novembro. O documento solicita ainda que paralisações programadas que impactem o sistema de abastecimento de Camboriú sejam realizadas sempre com um intervalo mínimo de 30 dias e que as paradas não ultrapassem 2 horas de duração.

Na semana passada, uma intervenção programada de seis horas na Emasa, além de reparo emergencial em adutora de Camboriú, resultou em problemas de abastecimento e baixa pressão durante 4 dias em diferentes bairros do município. Para amenizar o desabastecimento, a Águas de Camboriú disponibilizou serviço de caminhão-pipa aos usuários que disponham de caixa d’água.

De acordo com Gabriel Balparda Fasola, coordenador de operações da Águas de Camboriú, a concessionária solicita à Emasa que a próxima interrupção não ocorra antes de 20 de janeiro de 2018. “Além disso, sugerimos que as futuras programações sejam executadas, preferencialmente, no domingo após o meio dia, período em que, historicamente, se observa menores picos de consumo e pressões mais baixas em Camboriú, gerando menor impacto para a recuperação natural do sistema de abastecimento de água”, observa.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -