- PUBLICIDADE -

Prefeitura de Camboriú troca tubulação no Parque da Bica

Nova análise, que ficará pronta em 15 dias, vai indicar se água pode voltar a ser consumida

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

parque da bica camboriu
Divulgação

A Secretaria de Saneamento Básico (SESB) realizou nos últimos dias uma série de melhorias com o intuito de desinfetar e evitar novas contaminações na água do Parque da Bica, em Camboriú. De acordo com o secretário da pasta, Alexandre Silveira, a fonte da Bica foi lacrada e 20 metros de tubulação trocados. Além disso, um desinfetante químico para água potável foi aplicado em todo o sistema: da fonte até as torneiras. Nessa quarta-feira, dia 25, a Vigilância Sanitária irá coletar novas amostras para análise que indicará se, com as melhorias, a água estará própria para consumo humano.

“Verificamos que havia rachaduras na fonte que podiam permitir a entrada de água da chuva e raízes de plantas, que quando apodrecem podem liberar coliformes totais na água. Parte da tubulação também tinha rachaduras. Todo esse sistema foi consertado, lacrado e desinfetado”, explica Silveira.

Josiane Farias, diretora de Vigilância em Saúde de Camboriú, destaca a importância de a população não consumir a água do local até que se tenha certeza de sua qualidade para consumo humano. “Já tivemos casos de invasão do parque e reabertura do registro, o que é um problema muito sério. Até nova análise confirmar que não há contaminação, as pessoas devem proteger sua saúde e de sua família, não bebendo dessa água”, reforça.

As análises que indicaram a contaminação da água do Parque da Bica foram feitas pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), do Governo do Estado de Santa Catarina. A interdição foi recomendada pela Vigilância Sanitária do Estado e os resultados da nova análise devem chegar em cerca de 15 dias. “Sabemos que a coleta da água da Bica faz parte da cultura dos moradores de Camboriú. Mas essa interdição é uma questão de saúde pública. Reforçamos que em nenhum momento será cobrado pela água da Bica e, assim que tivermos uma análise do laboratório que indique que ela está potável, as torneiras serão reabertas para a população”, completa Josiane.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.