Governador apresenta balanço das obras do Centro de Eventos em Balneário Camboriú ao Ministério do Turismo

Raimundo Colombo tratou dos próximos repasses federais para a obra

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Maior edifício da América Latina tem elevador residencial mais rápido do Brasil

Com capacidade de se deslocar seis metros por segundo, o elevador poderá percorrer em menos de um minuto os 81 andares do Yachthouse

Julio Cavalheiro/Secom

O governador Raimundo Colombo apresentou nesta quinta-feira, 27, em Brasília, um balanço do bom andamento das obras de construção do novo Centro de Eventos do Governo do Estado em Balneário Camboriú, que devem ser concluídas até o fim deste ano. O projeto foi tema de audiência com o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

O governador tratou dos próximos repasses federais para a obra. “A parte burocrática e financeira é sempre desafiadora, por isso nós estamos nos ajudando para concluir e poder entregar tudo no prazo”, afirmou Colombo, ressaltando ainda a importância do turismo de eventos para promover o setor também fora da temporada de verão.

O projeto contempla três pavilhões de exposições, salas de convenções, ambiente para lojas, praças de alimentação e serviços, além de mais de mil vagas de estacionamento. No total, serão 33 mil metros quadrados de área construída.

Também presente na audiência em Brasília, o secretário de Estado de Turismo, Cultuta e Esporte, Leonel Pavan, explicou que a obra já está 64% concluída e a meta é garantir a execução de mais 8% ao mês para entregar a estrutura ainda neste ano. “Com o centro pronto, viveremos um novo momento da economia do turismo em Santa Catarina”, destacou.

Nesta quarta-feira, 26, o governador Colombo e o secretário Pavan visitaram as obras do novo espaço, localizado às margens da rodovia BR-101. O novo Centro de Eventos é resultado de uma parceria entre governos federal, estadual e municipal. A Salver Construtora, de Ituporanga, foi a vencedora da concorrência pública para a execução da obra e apresentou um orçamento de R$ 89 milhões. No início deste ano, foram assinados aditivos pelo Governo do Estado porque o projeto sofreu adaptações e ampliação de algumas estruturas.

Também acompanharam a audiência em Brasília, o secretário executivo de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, e a secretária adjunta Lourdes Martini.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Gincana interescolar de BC visa aumentar o aproveitamento do resíduo reciclável

As unidades escolares - Centros Educacionais e Núcleos Infantis, receberão semanalmente as tarefas a serem desenvolvidas
- Publicidade -