Casamento coletivo formalizou 78 uniões em Itajaí neste sábado

A celebração gratuita integra a programação oficial dos 157 anos da cidade

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Marcos Porto / Divulgação PMI

Eles disseram “sim” ao amor em suas mais variadas formas. Casais que há pouco tempo começaram a caminhada a dois, outros que buscavam a formalização da união estável e ainda uma aliança em nome da igualdade de direitos. Ao todo, 78 casais participaram do casamento coletivo promovido pelo Município de Itajaí neste sábado (24) no Centreventos. A celebração gratuita integra a programação oficial dos 157 anos da cidade.

Salão decorado com arranjos de flores, música ao vivo com direito a violino para a entrada triunfal e noivos emocionados. O cenário de conto de fadas, como descreve Maria José Batista Pinheiro, 43 anos, que agora também passa a assinar Silva no nome, reflete o sonho que sempre teve: vestida de noiva, oficializar a união com Rodrigo José da Silva, 38.

Maria conta que, ao colocar na ponta do lápis, não conseguia organizar uma festa. O casamento coletivo foi a oportunidade que encontrou para mudar o status civil. Como o programa da Secretaria de Desenvolvimento Social arca com as despesas de cartório e todos os trâmites para realização de um evento inesquecível, a moradora do bairro São Roque não teve gasto nenhum para realizar seu sonho. “Consegui emprestado o vestido, ganhei o cabelo e a maquiagem. É um dia inesquecível”, comenta.

O Casamento Coletivo é uma ação implantada em 2006, durante a primeira gestão do prefeito Volnei Morastoni. Uma estratégia de política pública que formaliza a união de casais gratuitamente. “O casamento coletivo já virou tradição no nosso município e fomos pioneiros nesta iniciativa. É emocionante participar de algo tão repleto de significado e esperado por essas famílias. Nosso desejo é que todos sejam muito felizes com essa conquista”, reforça o prefeito.

Para esta edição, os noivos também foram presenteados com uma fatia de bolo confeitado e um caixa de bombons. Entre os mais novos casais, a dupla Pâmela Stefani Felício, 25, e Sandra Samara Rodrigues, 30, foi o único casal homossexual a oficializar a união. “Moramos juntas há três anos e agora vamos nos unir ainda mais”, comemora Pâmela que recebeu o sobrenome da companheira.

Alguns casais aproveitaram o espaço do Centreventos para, após a cerimônia, festejar ali mesmo com familiares e amigos. Outros, como Eduarda Francisco da Costa, 19, e Mário de Martino, 19, organizaram um pequeno jantar particular. Apesar da pouca idade, o casal disse “sim” com o coração repleto de convicção. “Temos certeza que seremos muito felizes”, celebra Pâmela.

A secretária de Desenvolvimento Social, Neusa Maria Geraldi, destaca o momento inesquecível para as famílias e para a cidade. “Isso vai além de uma obra material que entregamos para a comunidade. Estamos participando da formação de uma família e fazemos isso com muito amor. Esse é mais um presente do governo municipal aos nossos moradores para celebrarmos juntos os 157 anos de Itajaí”.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -