Vigilância Sanitária segue fiscalização nos quiosques de milho e churros

Diversas irregularidades foram encontradas e a maioria dos quiosques já foram intimados e infracionados

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Desde janeiro, a Vigilância Sanitária está fiscalizando com maior rigor os quiosques de milho e churros da Praia Central. Diversas irregularidades foram encontradas e a maioria dos quiosques já foram intimados e infracionados para que tomem as providências necessárias.

Dentre as irregularidades, estão a ausência de pia para higienização de mãos e utensílios, ausência de saída de água para rede de esgoto, óleo sendo desprezado na rede pluvial, massa de churros sem procedência por não haver fiscalização na origem da produção, acondicionamento inadequado da massa e dos recheios, presença de roedores e insetos nos arredores e debaixo dos estrados, vendedor no ponto ser funcionário contratado ou locatário do ponto – o que é contrário à lei que da permissão de uso do ponto.

Em diversas reuniões já realizadas com a Associação dos Pontos de Milho e Churros, providências já foram encaminhadas, inclusive algumas por sugestões da própria associação. “Acreditamos que até início do próximo semestre tudo deverá estar regularizado. As secretarias de Planejamento e Fazenda também estão nos auxiliando e trabalhando para melhor solucionar os problemas identificados”, contou a diretora da Vigilância Sanitária, Jeanine Gamborgi Ramos.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -