Representantes da Aresc e Águas de Camboriú participam de reunião para esclarecer reclamações da comunidade

Objetivo do encontro era apresentar a empresa reguladora e a concessionária os problemas apresentados pela comunidade

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Na tarde desta quinta-feira (25), após pedido do vereador José Simas (DEM) representantes da Aresc – Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina, e da Águas de Camboriú, concessionária do serviço no município, participaram de reunião para esclarecimentos nas dependências da Câmara de Vereadores.

O objetivo do encontro era apresentar a empresa reguladora e a concessionária os problemas apresentados pela comunidade. Segundo o vereador Zeca Simas, o bairro Santa Regina não recebe o abastecimento correto de água desde que a empresa terceirizada assumiu este serviço.

“Os problemas estão saindo do limite. É meu dever como vereador fiscalizar e encontrar uma solução junto com os órgãos competentes. A terceirização não pode ser julgada como um regresso pela população”, afirmou o vereador.

A Aresc e a Águas de Camboriú apresentaram durante a reunião o número de reclamações recebidas através de suas ouvidorias, e defenderam que menos de 2% da população liga para fazer reclamações. “Não tem como nós resolver um problema sem ter conhecimento dele. Precisamos mudar esta cultura de reclamar com os vereadores ou na rádio, antes de procurar a empresa responsável”, defendeu o representante da concessionária, Ricardo Moreira.

Durante a conversa sobre as mudanças do serviço, o vereador Elcana Medeiros (PMDB), o valor da fatura tem aumentado significativamente sem motivo aparente. Porém, segundo Ricardo foi trocado em um ano, seis mil hidrômetros, e em 40% dos casos foi encontrado fornecimento clandestino de água. “Depois da troca e da regulamentação, casas que compartilhavam o hidrômetro passaram a pagar integralmente a fatura, já em outras situações o aparelho estava vencido e não funcionava corretamente”, argumentou.

O engenheiro da Aresc, Silvio Cesar dos Santos Rosa, confirmou inúmeras vezes que a agência fiscaliza a concessão, mas pode ter o apoio da população para gerir com eficiência os problemas.

O representante da Águas de Camboriú relembrou que está a disposição para ir a campo, juntamente com os vereadores para resolver problemas pontuais trazidos até eles, pela população.

Problemas com o abastecimento podem ser reportados para a Aresc, através do telefone: 0800-643-2611, ou para a Àguas de Camboriú, pelo 0800 595 4444.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -