Fiscalização aplica nova multa por transporte clandestino de passageiros em Itajaí

Motoristas cadastrados no plano emergencial do Município de Itajaí denunciaram a prática irregular da Doblô

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Continuam as fiscalizações contra o transporte clandestino de passageiros. Mais um veículo particular foi autuado nesta quinta-feira, 11, por cobrar para fazer o transporte emergencial de passageiros. A condutora não estava cadastrada na prefeitura de Itajaí e buscava passageiros nos terminais e pontos de ônibus. O flagrante foi feito no bairro São Vicente com quatro pessoas a bordo.

Motoristas cadastrados no plano emergencial do Município de Itajaí denunciaram a prática irregular da Doblô, com placas de Penha. De acordo com a equipe de fiscalização, os passageiros foram transferidos para um veículo autorizado e concluíram a viagem. A condutora foi multada em R$ 130 por efetuar o transporte remunerado de pessoas sem licenciamento para esta atividade.

O chefe de gabinete, Celso Goulart, reforça que os veículos autorizados são táxis, ônibus, vans e micro-ônibus que tenham o selo exposto no painel dianteiro. O cadastramento é feito no átrio do prédio da prefeitura de Itajaí, onde devem ser apresentados os documentos do veículo e do motorista, sendo permitido o cadastramento de veículos de outras cidades. Os atendimentos são das 8h às 18h.

Já os automóveis de passeio devem praticar apenas a carona solidária, sendo irregular a cobrança pelo transporte. Os valores fixados pelo Plano Emergencial é de R$ 4 para ônibus, R$ 5 para micro-ônibus e vans e R$ 4 para táxis a partir de dois passageiros.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -