Análise aponta água do Parque da Bica como própria para consumo humano

Resultado apresentado é de que a água é potável e pode continuar sendo consumida pela população

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

A Fundação Camboriuense de Gestão e Desenvolvimento Sustentável (Fucam) divulgou na tarde desta quarta-feira, dia 24, os resultados da análise de potabilidade da água do Parque da Bica, no Tabuleiro.

Os parâmetros observados pelo laboratório seguiram a resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) para ser considerada própria para consumo humano. Ao todo, 20 aspectos foram observados, entre eles a presença de bactérias e de metais pesados. O resultado apresentado é de que a água é potável e pode continuar sendo consumida pela população.

Segundo a presidente da Fucam, Liara Rotta Padilha Schetinger, a cada seis meses será coletada uma nova amostra para análise de potabilidade. “O objetivo é manter a população informada e ter um controle da qualidade da água”, explica.

Os parâmetros analisados foram: contagem das substâncias chumbo, cloreto, cobre, cromo, ferro, fluoreto, manganês, nitrato, nitrito, sulfato e sódio; contagem das bactérias enterococcus spp, escherichia coli e de coliformes termotolerantes; cor aparente, odor, PH e turbidez.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -