- PUBLICIDADE -

Emoção e lembranças marcam o reencontro dos idosos com o mar, em Itajaí

Na manhã desta quinta-feira, 9, o Projeto Rodas ao Mar foi dedicado aos moradores do Asilo Dom Bosco

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191

Projeto Rodas ao Mar idoso itajai
Marcos Porto / Divulgação

Muito sol, mar calmo, lembranças e emoção marcaram o início do Projeto Rodas ao Mar destinado a terceira idade. A Iniciativa tem como objetivo diminuir as barreiras para que idosos com dificuldade de locomoção possam ter acesso à orla e ao banho de mar, por meio de cadeiras especiais.

Na manhã desta quinta-feira, a oportunidade de reencontrar o mar foi dedicada aos idosos do Asilo Dom Bosco na praia do Molhe, em Itajaí. Os instrutores receberam os participantes e auxiliaram durante a troca de cadeiras, locomoção e banho de mar.

Fábio Soares, 75 anos, natural de Osaco (SP), após conhecer Itajaí fixou residência na cidade e há quatro meses passou a viver no Asilo Dom Bosco. Ainda emocionado após reencontrar o mar, ele relatou a experiência proporcionada pela parceria firmada entre o Município através da Fundação Municipal de Esportes e Lazer (FMEL) e a instituição que atende idosos. “O reencontro com o mar foi indescritível e me trouxe boas lembranças, há anos eu não tinha essa oportunidade, quero vir mais vezes para contemplar o mar e a vida. Sempre fui independente e agora preciso de ajuda para fazer coisas simples, mas a vida continua”, ressalta.

A coordenadora do Asilo Dom Bosco, Muriel Duarte, explica que para os idosos, iniciativas como esta são fundamentais como fins terapêuticos e para resgatar a memória dos participantes. “Em ações como estas percebemos que a limitação física e a idade são apenas um detalhe quando você tem vontade de viver”.

Atualmente a FMEL conta com três cadeiras denominadas anfíbias, que flutuam na água e não afundam na areia. Segundo, o Superintendente Adjunto da FMEL, Paulo Maes Junior, a experiência do projeto destinada aos idosos superou as expectativas. “Foi gratificante e motivador ver a emoção dos idosos ao reencontrar o mar. Com certeza, vai servir de estímulo para voltarmos a atendê-los e expandir para outras entidades que atendem idosos na nossa cidade”, finaliza.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.