- PUBLICIDADE -

Jovens inscritos no programa da 1ª habilitação devem ficar atentos ao chamado para apresentar documentos

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

A partir de agora, quem se inscreveu para participar do projeto Primeira Habilitação para o Transporte – Inserção Profissional de Jovens de Baixa Renda deve ficar atento, pois pode receber o chamado para comparecer até a unidade do Sest Senat com a documentação exigida. Esse chamado será feito através de um e-mail, com a lista dos documentos e a data para comparecimento na unidade local do Sest Senat. Quem não comparecer na data agendada será automaticamente desclassificado. Em Itajaí, por dia, são chamados 10 inscritos, no Sest Senat, que fica anexo ao posto Santa Rosa, na BR 101, no bairro Salseiros.

 Os documentos necessários são: comprovantes de identificação com foto, residência, escolaridade e rendimentos. De acordo com a organização do projeto, depois de ir até a unidade do Sest Senat da sua região, o candidato irá receber um e-mail com a informação se foi habilitado a participar do programa e repassará as informações sobre a segunda etapa. Para aqueles que não forem selecionados, o Sest Senat também oferecerá cursos online e gratuitos, que serão definidos pela própria instituição.

 Os alunos receberão a carteira de habilitação na modalidade B de graça, e ainda vão participar do curso de qualificação profissional, para formação de novos motoristas, em parceria com os sindicatos e as empresas de transportes rodoviários. A intenção é formar os alunos tanto para atuar como motoristas de ônibus quanto para caminhões e assim, viabilizar a mudança de categorias ( D e E) para quem participar dos treinamentos com duração de dois anos.

 Atualmente, na região de abrangência do Seveículos de Itajaí, que contempla 11 municípios, existem mais de 1.500 empresas que atuam no transporte de carga e necessitam de mão de obra qualificada para atuar nesta área. Em todo o Brasil, 50 mil jovens serão selecionados para integrar o programa e após o término do curso, ingressar no setor do transporte rodoviário. O déficit de profissionais na área é de aproximadamente 100 mil motoristas em todo o país.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.