Comerciantes de Laranjeiras reclamam de fechamento de uma porta do Parque Unipraias

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Os comerciantes do calçadão da Praia de Laranjeiras estiveram no Gabinete do Prefeito na tarde desta sexta-feira (8). Cerca de 60 pessoas estiveram presentes para solicitar ao prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, que intervenha nas negociações com o Parque Unipraias. Na ocasião os proprietários e funcionários do comércio do local relataram o problema e entregaram um documento oficial ao prefeito.

De acordo com um dos comerciantes, Jarbas Koch, a preocupação de todos é referente ao fechamento de uma porta do Parque Unipraias, que impede o acesso de visitantes ao trecho da praia onde estão as lojas e quiosques. “Nós vivemos do movimento local e com a porta fechada ninguém passa por ali. Tentamos negociar com o Parque, mas não conseguimos chegar a uma conclusão, então estamos pedindo a ajudado prefeito”, explica o comerciante.

Muitos comerciantes alegam que estão no local desde a implantação do ponto do teleférico e, inclusive, incentivaram a vinda do equipamento turístico. “Não somos contra o empreendimento, pelo contrário, sabemos que o teleférico e a tirolesa atraem os visitantes que aquecem o nosso comércio, só queremos que tudo volte a ser como era antes”, afirma Koch.

Segundo os comerciantes, há mais de 40 lojas e quiosques no loca, o que envolve mais de 200 famílias. O prefeito Edson Piriquito informou que, por ser uma iniciativa privada, o Governo Municipal não tem autoridade quanto às decisões internas, porém se comprometeu a intervir pelos comerciantes. “Vamos tentar resolver amigavelmente da melhor forma possível, para que ninguém tenha prejuízos. Vou argumentar com a diretoria do empreendimento, pois acredito que mais de 200 famílias que podem ficar sem ter de onde tirar seu sustento é um problema social”, afirmou.

O prefeito informou que já fez um primeiro contato com os responsáveis pelo Parque Unipraias e agendou uma reunião para discutir o assunto. “De antemão, o que informaram é de que há um acordo com os proprietários dos terrenos, mas vamos conversar pessoalmente para entender e buscar uma solução. Se o problema é uma porta ou outra, vamos negociar para que as duas permaneçam abertas”, disse.

Participaram também da reunião o vice-prefeito, Claudio Dalvesco, os secretários de Gestão Administrativa, João Batista Leal, e de Articulação Governamental, Marcelo Achutti, e os vereadores Arlindo Cruz e Elizeu Pereira.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -