Vereador pede o fim das indicações políticas para escolha de diretores das escolas de Itajaí

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Uma escolha transparente, democrática e por meritocracia. É o que propõe o vereador Thiago Morastoni (PT), por meio de uma indicação ao Executivo de Itajaí, apresentada no Legislativo na noite de quinta-feira (24), para a nomeação de diretores das escolas municipais. Atualmente, o procedimento acontece por indicação política, mas o parlamentar pede para que a Administração atenda os anseios da comunidade da educação e estude maneiras de fazer com que o processo seja realizado através de voto direto de pais, alunos e professores.

Thiago Morastoni destaca que, recentemente, o Governo de Santa Catarina acabou com a indicação política na nomeação dos diretores e pede para que Itajaí também siga o exemplo. “É preciso um novo procedimento, mais democrático e justo, para se chegar aos nomes dos diretores das escolas. Uma boa ideia seria a participação de pais, alunos e professores em votações diretas. Estamos pedindo ao prefeito Jandir Bellini para que estude a maneira adequada de realizar essa alteração, que, certamente, trará maior qualidade na educação da nossa cidade”, ressalta o vereador.

No âmbito estadual, para pleitear a direção de uma escola, a partir de agora, o professor precisa apresentar um plano de gestão com foco no acesso à educação, na permanência do aluno e no êxito da aprendizagem. Depois, o plano é analisado por consultores especialistas em gestão escolar e, por fim, deve se referendado pelos alunos, professores e pais. A seleção tem o objetivo de privilegiar a competência técnica e a capacidade para atuar como gestor escolar.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -