SECHOBAR consegue reajuste de 117% acima da inflação

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Os trabalhadores do comércio em Balneário Camboriú tiveram reajuste de 7,5%. Os Servidores Municipais pleitearam 18% mas ganharam apenas 5,95%. Em Florianópolis o Sitratuh alcançou 7% de reajuste para os trabalhadores em bares, hotéis restaurantes e similares.

Mas em Balneário Camboriú a realidade é outra. Após cinco rodadas de negociações e uma mediação feita pelo Ministério do Trabalho, o Sechobar conseguiu um reajuste de 12,38% em um dos pisos da categoria. Cerca de 117,5% acima da inflação do período, que ficou em 5,69%.

O valor do piso inicial passou de R$ 930,00 para R$ 1030,00 (reajuste de 10,75%). Após o contrato de experiência o salário que era de R$ 1050,00 será de R$ 1180,00 (reajuste de 12,38%). Para quem ganha acima do piso o reajuste foi de 9%.

A presidente do Sindicato, Olga Ferreira, diz que a sensação é de dever cumprido: “O reajuste alcançado nos deixou com a certeza de que nossa obrigação foi cumprida. Tivemos ganho real e média de 11,5% nos pisos. Essa é a maneira que o Sindicato demonstra a preocupação que tem com os trabalhadores e trabalhadoras da indústria do turismo.Temos que valoriza-los, para eles não existe feriado, final de semana, natal ou ano novo. Todo dia é dia de trabalho para a categoria”.

As cláusulas sociais permanecem de acordo com a Convenção Coletiva vigente. Mas a luta pela implantação do piso inteligente de R$ 1500,00 não terminou com a negociação. A ideia é atribuir o piso a trabalhadores mais qualificados, que tenham por exemplo: um segundo idioma, cursos profissionalizantes na área e determinado tempo de experiência na profissão.”Temos consciência que nossa luta é diária e não termina nunca. Temos o desvio de função em acordo, a taxa de 10% regulamentada, e o piso inteligente é o nosso foco agora. Os trabalhadores que preencherem os requisitos devem ser recompensados por isso”, explica Olga.

Em Itajaí pelo sexto ano consecutivo não há Convenção e os Acordos serão fechados individualmente. Já em Joinville, que abrange Barra Velha e Piçarras, a próxima rodada de negociação está marcada para a semana que vem. “Estamos confiantes que com a Convenção fechada em Balneário, vamos conseguir chegar a um acordo na próxima reunião”, finaliza a presidente. Lembrando que a data base da categoria é 1° de outubro.

acordo sechobar

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -