Mais de 43 mil eleitores estão com direitos políticos suspensos em SC

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

43.851 eleitores não podem votar em SC por estarem com direitos políticos suspensos
43.851 eleitores não podem votar em SC por estarem com direitos políticos suspensos

Santa Catarina é o sexto estado com o maior número de eleitores que estão com os direitos políticos suspensos no Brasil. Segundo levantamento feito na base de dados da Justiça Eleitoral, o estado teve 43.851 suspensões. Os direitos políticos são aqueles que garantem ao cidadão participar da organização e do funcionamento do Estado, conforme o artigo 14 da Constituição Federal.

Os cidadãos com direitos políticos suspensos não podem votar e ser votados nas eleições e nem filiar-se a partido político ou exercer cargo público. A suspensão dos direitos políticos também impede, por exemplo, que a pessoa exerça cargo em entidade sindical ou atue como diretor ou redator-chefe de um periódico.

No estado, a condenação criminal é a maior causa de suspensão dos direitos políticos (34.988), seguida pela incapacidade civil absoluta (6.616), pelo número de pessoas que estão alistados no serviço militar (1.759) e pelas condenações por improbidade administrativa (143).

Suspensões no Brasil

Atualmente, 883.222 brasileiros estão com os direitos políticos suspensos no Brasil. O estado que tem o maior número de eleitores com os direitos políticos suspensos é São Paulo, somando 232.905. Em seguida vem Minas Gerais, com 94.017 suspensões, Rio Grande do Sul, com 81.083, Paraná, com 70.317, e Rio de Janeiro, com 57.533.

Os Estados com menos eleitores com direitos políticos suspensos são Alagoas (4.051), Amapá (4.051), Tocantins (3.996), Piauí (3.800) e Roraima (1.892).

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -