Cidadão de Itapema reclama da escala do plantão das farmácias

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

"O cidadão de Itapema tem o direito de ter ao menos duas farmácias de plantão na cidade", disse Aguinaldo, durante a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores.
“O cidadão de Itapema tem o direito de ter ao menos duas farmácias de plantão na cidade”, disse Aguinaldo, durante a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores.

O cidadão de Itapema, Aguinaldo Abelardo Silva, usou o espaço aberto para manifestação popular durante a Sessão Ordinária deste dia 06 de agosto, para reclamar da escala do plantão das farmácias, e sugerir melhorias ao órgão responsável pela organização do atendimento farmacêutico durante a madrugada e os finais de semana no município. Veja os principais trechos do pronunciamento de Aguinaldo:

“Gostaria de fazer uma ressalva, pois não venho aqui representar nenhum interesse privado e sim interesse público. Para quem não me conhece sou morador de Itapema, do bairro Várzea e gostaria de voltar apenas trinta anos na nossa cidade. O ano de 1981/1982, para quem se lembra, existia uma farmácia após a ponte, próxima ao posto de saúde central. Também tínhamos uma farmácia próximo ao restaurante Canoinhas, e a Farmácia Lemos, no bairro Meia Praia.

Naquela época aqui em Itapema, o turismo ainda estava sendo encaminhado, a construção civil não tinha a potência que tem hoje e eu sendo o mais velho de sete irmãos, me lembro de várias vezes andar

Com minha mãe até a Meia Praia atrás de uma farmácia, pois não tínhamos veículo a disposição. Minha irmã tinha bronquite e às vezes a noite batia febre e éramos obrigados a ir até Meia Praia, pois era o único jeito. Chegando lá a gente apertava a campainha o Sr. João Pedro, que descia e vendia o medicamento. O Tenho que registrar que o serviço prestado por ele a essa comunidade é exemplar!

Gostaria agora de voltar aos dias atuais, há aproximadamente um mês e meio atrás, pouco antes do recesso parlamentar, quando precisei de uma farmácia em um sábado à noite. Fui comprar um medicamento para o meu filho e fui até Meia Praia, saindo do meu bairro (Várzea) com minha esposa de automóvel, e fomos achar uma farmácia somente no final da Meia Praia. Podemos pensar que hoje em dia todo mundo tem condução, um veículo pra chegar até lá, mas nem todos!

É complicado alguém ter que sair lá do bairro Alto São Bento, da entrada do Sertão, ou do Morretes, ou então da Mata Camboriú, às vezes um pai de família que trabalhou um dia inteiro, pega sua bicicleta para comprar um medicamento e tem que se deslocar até o final da Meia Praia, o que se torna muito complicado.

Pelo que levantei, hoje existe um plantão de farmácias que no meu entendimento deveria manter pelo menos uma farmácia de plantão no Centro de Itapema, e uma no bairro Meia Praia, o que não acontece na prática. Já na temporada é diferente, todo mundo quer ganhar dinheiro então tem farmácias abertas em todos os lugares, mas quando chega na baixa temporada é complicado.

Me informei que existe um Sindicato das Farmácias, que se não me engano é uma associação que rege esse plantão, mas no meu entendimento isto não está acontecendo da forma que deveria ser, pois está ficando uma lacuna aberta de extrema importância. Segundo pelo que me informei, existe uma Lei Municipal que rege esse plantão de farmácias. Acredito que pela lei deveria ter no mínimo uma farmácia em cada bairro, mas acredito que não seja possível uma em cada bairro, mas pelo menos no Centro e na Meia Praia é uma necessidade. No meu ponto de vista essa lei não está sendo cumprida.

O que venho pedir hoje, aos senhores vereadores e senhoras vereadoras, é que possam, como nossos representantes, buscar atender não só a minha solicitação, mas também a de muitas outras pessoas que aqui estou representando e que gostariam de estar aqui neste momento.

Acredito que vamos ter uma resposta da Associação e farmácias alegando não ter segurança na cidade Sabemos que a segurança é um pouco falha e não é do jeito que deveria ser, mas devem se adequar a nossa realidade. O cidadão de Itapema tem o direito de ter ao menos duas farmácias de plantão na cidade! Peço então que façam uma revisão nesta Lei, e que possam olhar pela população de Itapema, que a lei seja cumprida pelo menos em partes, já que não é possível uma farmácia em cada bairro”.

***Para usar a Tribuna do Povo:

A Tribuna do Povo é um espaço aberto para a população se manifestar, durante das Sessões Ordinárias da Câmara de Vereadores de Itapema, que acontecem toda terça-feira, às 19h. Para fazer uso da palavra, é preciso que o cidadão se inscreva diretamente na Secretaria de Administração do Legislativo, com antecedência de 48 horas da Sessão (até a sexta-feira antes da sessão em que deseja se manifestar). O Regimento Interno da Câmara de Vereadores permite até duas inscrições por Sessão Legislativa. Para participar, é preciso apresentar requerimento à Secretaria, com o assunto a ser abordado e com o número do Título de Eleitor.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -