- PUBLICIDADE -

Professora leva susto com arma de brinquedo em sala de aula

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

arma
A professora tomou um grande susto ao ver essa arma de brinquedo.

A campanha do desarmamento infantil que iniciou no dia 27 e segue até o dia 19 de outubro em Camboriú proporcionou um momento de susto para uma professora. Um menino de 10 anos chegou à sala com uma bolsa e chamou a professora. Ele disse que queria trocar a sua arma por um livro. A professora então pegou a bolsa e percebeu que estava pesada demais e ao abrir ficou com muito medo. A arma que estava dentro da bolsa tinha o peso, tamanho e era idêntica a uma arma de fogo. Ela diz que chegou a pensar que a arma era verdadeira e, muito assustada, pediu ajuda para tirar a arma da bolsa. Foi então que se verificou que se tratava de uma pistola, porém, de brinquedo.

Até o momento, já foram arrecadadas diversas armas de brinquedo que foram trocadas por livros.Além de armas de brinquedos, as crianças podem trazer espadas, estilingue, Cds com jogos violentos e pipa com cerol para trocar por um livro. Dentre as armas de brinquedo, duas são idênticas a armas de fogo.

A lei 10.826/03, em seu artigo 26 determina:

“São vedadas a fabricação, a venda, a comercialização e a importação de brinquedos, réplicas e simulacros de armas de fogo, que com estas se possam confundir.”

No próximo dia 19 de outubro será o encerramento da campanha. Neste dia serão destruídas as armas arrecadadas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.