- PUBLICIDADE -

Obras do Complexo Prisional da Canhanduba estão atrasadas

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Cumprindo agenda nesta quinta-feira, 09, em Itajaí, onde esteve participando dos eventos Aquapesca Brasil e ampliação Celesc para a região, ao final do roteiro programado, o governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, juntamente com o secretário de Estado do Desenvolvimento Regional de Itajaí, Fabrício de Oliveira, fizeram uma visita a Penitenciária do Complexo Prisional da Canhanduba. Estiveram presentes na visita o Tenente Coronel do 1BPM, Altari Derner Filho e o diretor do complexo José Milton Ribeiro Santana.

Diante da demora que está sendo para concluir as obras da penitenciária, Raimundo Colombo mostrou-se preocupado diante do que viu, “Sinto-me na condição de qualquer cidadão, ou seja: Indignado. As obras estão sendo realizadas, mas com lentidão. É inadmissível e inaceitável o que está acontecendo. Infelizmente a empresa não está cumprindo com o que a promessa do acordo”, lamentou.

O motivo da visita diz respeito a demora para a conclusão das obras da penitenciária. O projeto do empreendimento está a cargo da empresa Espaço Aberto e que segundo os responsáveis pela obra, seria entregue ainda no final deste mês.

A obra está avaliada em R$ 20 milhões e tem capacidade para abrigar 360 vagas para presos condenados. O terreno para a construção de um Complexo Penitenciário foi doado pelos municípios de Itajaí, Camboriú e Balneário Camboriú. Há quatro anos, após angariar recursos do Ministério da Justiça, o governo do Estado abriu licitação e contratou a empresa Espaço Aberto para cuidar das obras de estrutura e entorno.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Regional de Itajaí, Fabrício de Oliveira, é inconcebível as razões para tanta demora na entrega do empreendimento, “A demora desta obra não justifica seu verdadeiro prazo de conclusão. A sociedade espera uma resposta e esperamos que em pouco tempo possamos dar a todos, de que finalmente as obras venham a ser realmente concluídas”, esclareceu.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.