- PUBLICIDADE -

Procon de BC usará sistema integrado de dados

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

Profissionais do Procon de Balneário Camboriú farão um curso sobre o funcionamento do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), que acontecerá ainda este mês em Florianópolis. Depois disso, uma equipe do Estado fará a instalação do software para a implantação do sistema integrado de dados na rede de computadores da instituição no município. O vice-prefeito, Claudio Dalvesco e a diretora do Procon, Nena Amorim estiveram em Florianópolis, nesta terça-feira (17), onde o Governador do Estado, Raimundo Colombo assinou o Termo de Cooperação Técnica entre o Estado e o Município para o uso desse sistema pelo Procon da cidade.

O Sindec é um software que une em rede as bases de dados usadas pelos Procons em todo o território nacional. As informações contidas no Sindec são compartilhadas por todos que estiverem cadastrados ao sistema, harmonizando as rotinas de atendimento aos consumidores.

“De janeiro de 2009 até o momento, o Procon evoluiu muito, graças à atuação da diretora Nena e da coordenadora Ornella Amaya, que levantaram a bandeira da atualização e maximização da capacidade de atendimento do órgão”, destaca o prefeito municipal Edson Renato Dias, Piriquito. “Com este novo e importante momento, os maiores beneficiados são os consumidores”, acrescenta.

De acordo com o vice-prefeito Claudio Dalvesco, Balneário Camboriú terá mais agilidade e condição no armazenamento de dados e no resultado imediato na busca de soluções e informações sobre as empresas para repassar aos consumidores. “Com a oficialização do Governador para a implantação desse sistema, acreditamos que em 30 dias o Sindec já estará funcionando”, afirma Dalvesco.

Nena lembra ainda, a evolução do órgão municipal nos últimos dois anos e nove meses. “A instalação do sistema só está sendo possível, porque o prefeito Piriquito investiu em uma nova sede para o Procon, com informatização completa”, revela. Além disso, a instituição tinha oito funcionários, que realizavam sete atendimentos por dia. Hoje, são 28 funcionários e a média é de cem atendimentos diários.

Para o consumidor, a instalação do Sindec deve trazer mais agilidade aos atendimentos e à resolução dos conflitos. Para os Procons, será possível divulgar cadastros com as empresas mais reclamadas e levantar informações detalhadas em tempo real, usando critérios como perfis do consumidor, tipo de demanda, quais as áreas da economia com o maior número de reclamações e quais as condutas mais praticadas pelas empresas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.