- PUBLICIDADE -

11 mil ficam desalojados em 18 municípios catarinenses

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

O Departamento Estadual de Defesa Civil informa o boletim das chuvas em Santa Catarina, atualizado às 18 horas deste domingo (13). As fortes chuvas que iniciaram na noite de quinta-feira (10), se estenderam pelo final de semana, e deixaram no Estado 10.994 desalojados, 551 desabrigados e 583.170 afetados em 18 municípios catarinenses. Foram danificadas 5.407 residências. Os serviços de água, energia, comunicação e transporte foram prejudicados. Três municípios decretaram Situação de Emergência: Brusque, Schroeder e Santo Amaro da Imperatriz.

Em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, a forte chuva causou o transbordamento dos rios Cubatão, Forquilhinha, Pilões, Matias e Fazenda. A enxurrada prejudicou tanto a área rural e urbana. Estão desalojadas 35 pessoas e mais de 10.000 foram afetadas. No município há casas em área de risco de escorregamento. Na localidade Fazenda Bom Jesus uma ponte foi interditada devido à cheia do rio Forquilhinhas, deixando 25 famílias isoladas.

Na cidade de São José choveu 127mm em 35 horas, a precipitação foi bem acima da média normal para o período. Estão desalojadas 277 pessoas, 163 desabrigadas e mais de 50.00 afetadas. O número de casas danificadas foi de 758, sendo cinco destruídas.

Palhoça também comunicou diversas ocorrências causadas pela enxurrada. No município estão desalojadas 78 pessoas, 210 desabrigadas e 85.000 afetadas. Foram danificadas 180 residências.

Para Pomerode, o Departamento Estadual de Defesa Civil em parceria com a Cruz Vermelha Brasileira, voltou a encaminhar mais donativos devido às chuvas de final de semana. Outros 600 colchões, 800 kits de higiene pessoal, 460 kits de limpeza, 300 cestas básicas e 400 litros de água potável foram enviados.

Em Guabiruba estão desalojadas 90 pessoas, 10 desabrigadas e 18.500 afetadas. O número de casas atingidas chega a 3.000. Em Camboriú, a forte chuva provocou diversos pontos de alagamento, que foram agravados pela maré alta. Ficaram desalojadas 102 pessoas.

Na cidade de Brusque as fortes chuvas provocaram alagamentos e deslizamentos de terra. Foram danificadas 40 casas, 100 desalojados, 80 desabrigados e 97.000 afetados. Teve ainda o soterramento de uma casa.

No sábado (12), o futuro secretário de Defesa Civil Geraldo Althoff, acompanhado do gerente de prevenção, major Emerson Neri Emerim, estiveram em Rio dos Cedros para verificar a situação do município, que decretou Estado de Calamidade Pública na última sexta-feira (11). A vistoria constatou que não é caso de Estado de Calamidade Pública, recomendando ao município que o decreto seja revisto.

Relação dos municípios impactados
Antonio Carlos
Blumenau
Biguaçu
Brusque
Camboriú
Corupá
Guabiruba
Ilhota
Indaial
Jaraguá Do Sul
Joinville
Palhoça
Pomerode
Rio Dos Cedros
Santo Amaro Da Imperatriz
São José
São Pedro de Alcantara
Schroeder


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.