- PUBLICIDADE -

Sobe para 60 o nº de cidades em emergência por chuvas em SC

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

A Defesa Civil de Santa Catarina informou que o número de municípios em situação de emergência por causa das chuvas passou para 60 na tarde desta terça-feira. Ao todo, 71 cidades catarinenses foram atingidas pela enxurrada, que afetou 919.681 pessoas.

Além das cidades em situação de emergência, o Estado contabiliza também um município em estado de calamidade pública, Mirim Doce, que concentra 900 desalojados (abrigados por parentes ou amigos), 150 desabrigados (acolhidos em abrigos públicos) e pelo menos 115 feridos.

De acordo com o levantamento, 23.997 pessoas estão desalojadas e 1.926 desabrigadas em todo o Estado. Pelo menos cinco pessoas morreram, sendo três em Florianópolis, uma em Jaraguá do Sul e outra em Massaranduba. Outras 162 ficaram feridas. O órgão informou ainda que 22.553 residências foram danificadas e, em várias cidades, os serviços de abastecimento de água, energia elétrica e comunicações foram afetados.

Os municípios em emergência são Antonio Carlos, Alfredo Wagner, Anitápolis, Águas Mornas, Anita Garibaldi, Armazém, Araquari, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivotas, Biguaçu, Barra Velha, Bombinhas, Braço do Norte, Cocal do Sul, Corupá, Criciúma, Comburiú, Forquilhinha, Grão Pará, Guaramirim, Gaspar, Governador Celso Ramos, Gravatal, Içara, Ilhota, Imaurí, Itapoá, Itaiópolis, Jaraguá do Sul, Joinville, Jacinto Machado, Lauro Muller, Laurentino Maracajá, Massaranduba, Meleiro, Morro da Fumaça, Morro Grande, Nova Veneza, Palhoça, Passo de Torres, Pedras Grandes, Santo Amaro da Imperatriz, São Francisco do Sul, Siderópolis, Sombrio, São José do Cerrito, São José, São Pedro de Alcântara, São João do Sul, São Martinho, Santa Rosa do Sul, Rio do Campo, Taio, Tubarão, Turvo, Treviso, Timbé do Sul e Urussanga.

Segundo a Defesa Civil, o tempo instável deve permanecer nos próximos dias no Estado, porém com volumes de chuva bem menos intensos que os registrados entre os dias 18 e 22 de janeiro.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.