Investimentos em infraestrutura minimizam alagamentos em BC

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

O temporal que se abateu sobre Balneário Camboriú na manhã desta quinta-feira (2), provocou alagamentos em vários pontos da cidade, com prejuízo para o tráfego de veículos e pedestres, especialmente na Avenida Brasil com a Alvin Bauer, na região central. Porém, em outros pontos da cidade, onde a Prefeitura nos últimos 23 meses atuou ativamente com obras de infraestrutura de drenagem, a forte chuva não ocasionou alagamentos, antes considerados pontos históricos.

A Defesa Civil também viu dificuldades na confluência da Avenida Alvin Bauer com Rua 101 e Avenida Central. O trânsito ficou lento ainda na altura da Praça das Bandeiras. Os técnicos foram a campo para providenciar relatório completo que será entregue ainda hoje ao Prefeito Edson Renato Dias (Piriquito), que foi pessoalmente verificar alguns pontos críticos.

“Graças à construção da grande galeria sob a pista da 5ª Avenida, no Bairro dos Municípios, obra que entregamos no dia 1º de maio, moradores e comerciantes se livraram do tormento das inundações a que se sujeitaram durante anos”, disse o prefeito. O prefeito também considerou que as obras da galeria da Avenida do Estado, Rua 1131 e Rua Miguel Matte, no bairro Pioneiros, foram fundamentais para que não ocorressem alagamentos nestes pontos. “Na Avenida do Estado tivemos uma importante vitória, a chuva de hoje foi um teste para a nova galeria, foi aprovada com toda certeza”, disse Piriquito.

Na confluência da Avenida do Estado com a Rua 1.131, para absorver água pluvial de toda a bacia do entorno, a galeria de 2 metros por 50 cm de altura, foi fundamental para que não ocorresse algamentos naquela via. “Ali era outro ponto crítico que felizmente não está mais causando problemas”, ressaltou.

“Dessa forma penso que na medida em que avançamos com a execução do projeto de macrodrenagem e esgoto 100 por cento em Balneário Camboriú, vamos consertar os erros cometidos por anos consecutivos pela Prefeitura em prejuízo dos cidadãos”, disse. Para o prefeito, as obras foram importantes, pois seguraram a força das águas, mas há muito trabalho ainda para se fazer. Ele acredita que regiões da Avenida Atlântica e Avenida Brasil, necessitam logo de uma intervensão. “Estou indo à Brasília, em busca de recursos do PAC2, onde pleiteamos a galeria da Avenida Atlântica, precisamos desta ajuda do Governo Federal, para que possamos dar um jeito definitivo para o problema nesta região”, finalizou Piriquito.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -