Eros, o cão da PM, se aposenta

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

O cão Eros, da Polícia Militar de Balneário Camboriú, finalmente vai descançar. Depois de 11 anos e 10 meses de trabalho, Eros se aposentou. O cão da raça rotweiller vai curtir os dias de descanço na casa do SoldadoPM Mosca, do 12º BPM , que ficou responsável por todos os cuidados do animal.

Durante o intenso serviço na Polícia Militar, Eros facilitou os trabalhos garantindo a segurança dos policiais. Contente com o resultado que o cão obteve, o adestrador Soldado PM Conti, do 12º BPM, sente-se realizado. “ – Ele auxiliava nas abordagens; se sentisse ameaçado ou achasse que alguém corria perigo, defendia.”

Eros nasceu no dia 22 de Outubro de 1998, trabalhou no Canil Central, em São José. E em 2005, que o herói começou a fazer parte da equipe de Balneário Camboriú. Foi treinado para dar guarda e proteção aos policiais militares. Já participou de diversas ocorrências de destaque, como prisões de traficantes, abordagens e operações policiais.

“ – Os cães são essenciais para o trabalho da Polícia Militar. Além de dar tranquilidade e proteção, alguns animais ainda ajudam a localizar entorpecentes, o que facilita na hora da ocorrência.” Garante o treinador, Soldado PM Cont.

E para dar continuidade ao trabalho do Eros, o substituto já foi escolhido. É o também Rotweiller Brutus, que com 3 anos de idade já está pronto para dar suporte a Polícia Militar e iniciar a longa jornada de trabalho.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -