- PUBLICIDADE -

5º Festival Nacional de Surf para Autistas reuniu 200 crianças na Praia Central

O 5° Festival Nacional de Surf para Autistas faz parte do projeto AMA Surf

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

O sorriso de superação foi o que marcou o 5° Festival Nacional de Surf para Autistas, que ocorreu neste sábado, 09.nov.2019, na Praia Central de Balneário Camboriú. O evento contou com mais de 200 crianças autistas inscritas, e como novidade deste ano, mais de 20 adolescentes e jovens com Síndrome de Down participaram como voluntários. O evento é organizado pela Fundação Municipal de Esportes (FME), Surf Escola BC e AMA Litoral SC.

Para o prefeito Fabricio Oliveira, é um evento marcante e emocionante que faz bem para todos. “Muita energia, alto astral e alegria marcaram o campeonato e todos, atletas, a organização e as famílias, estão de parabéns”, salienta o prefeito.

Com muita animação foi com que a voluntária Ângela Correa, mãe da atleta Tayna, se orgulha em dizer que as duas participam do festival desde o começo e menciona como o surf tem ajudado a filha. “A evolução tem sido inevitável para a Tayná, é sobre superar o próprio limite dela. Essa iniciativa é ótima, além de contribuir para quem participa, ajuda a comunidade saber mais do mundo deles”, disse.

O surfista profissional e o quarto melhor brasileiro no circuito mundial da WSL, Willian Cardoso, marcou presença no evento e fala sobre a alegria em ver o que o surf está proporcionando para essas crianças “Eu vejo que o esporte transforma as pessoas, eu já conversei com várias mães das crianças aqui, e o relato é como as crianças cresceram, evoluíram e estão mais instigadas. Para mim é incrível ouvir isso, saber que o meu esporte do dia a dia pode transformar uma vida”, conta.

O organizador do evento, Túlio Ferri, se emociona ao falar sobre esses cinco anos de festival e o quanto isso tem atingido de forma positiva a população. “Nós temos aqui uma ferramenta de inclusão com inúmeras possibilidades, tanto os jovens com Síndrome de Down ajudando como voluntários, quanto pessoas que nunca tiveram contato com autistas podendo conhecer de perto esse universo deles, é lindo ver a dimensão que o festival está ganhando”, fala o organizador.

A superintendente da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú, Mariana Dalvesco, realça a importância do projeto para Balneário Camboriú. “A cidade tem sido o berço desse projeto, o Surf para Autistas é o único do Brasil e tem sido convidado para outras cidades e até fora do estado. Acredito que em muito em breve conseguiremos realizar uma etapa internacional em Balneário Camboriú”, afirma Mariana.

O 5° Festival Nacional de Surf para Autistas faz parte do projeto AMA Surf, que têm como objetivo proporcionar a prática da atividade esportiva para pessoas que possuem Transtorno do Espectro Autista que são atendidos na AMA Litoral, objetivando contribuir na promoção de saúde, interação social, diversão e lazer.


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.