- PUBLICIDADE -

Fiscalização do FUNDESPORTEBC visita Instituto Leonardo Macarrão

A entidade que existe desde 2014 e, desde 2015 iniciou projetos oficiais

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Studio Volari vai presentear 100 pessoas com design de sobrancelhas, máscaras de led e de ouro e aula de pilates

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 2122-3230, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99635-7278

A comissão de Fiscalização e Monitoramento do Fundo Municipal de Desenvolvimento do Esporte de Balneário Camboriú (FUNDESPORTEBC) realizou mais uma visita, desta vez no Instituto Leonardo Macarrão (ILM), entidade que existe desde 2014 e, desde 2015 iniciou projetos oficiais.

O instituto aplica atividades educativas ligadas a artes marciais (Muay Thai, Jiu-Jitsu e Capoeira). Atualmente 130 crianças de cinco a 13 anos estão inscritas nas aulas. O presidente do ILM, Jorge Mafra comenta sobre a parceria com o FUNDESPORTEBC. “O apoio do FUNDESPORTEBC funciona como uma ferramenta para que possamos alcançar mais crianças. Ano passado foi a primeira vez que realizamos essa parceria e tivemos um crescimento de 40% no atendimento de alunos”, concluiu.

Para esclarecer alguma dúvida, de segunda a quinta-feira pela manhã, um dos membros da comissão atende na FME. O contato pode ser presencial na Rua 2438, nº 146 – Centro, ou pelo telefone (47) 3360-0444. A comissão está prevista em edital, que pode ser acessado no site da Prefeitura de Balneário Camboriú.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.