- PUBLICIDADE -

Atlético Itajaí empata com o Carlos Renaux e está na final da Série C

Agora o Atlético Itajaí decide o título e a vaga na Série B do próximo ano contra o Próspera

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Studio Volari vai presentear 100 pessoas com design de sobrancelhas, máscaras de led e de ouro e aula de pilates

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 2122-3230, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99635-7278

Atlético Itajaí empata com o Carlos Renaux e está na final da Série C
Anderson Davi / Atlético Itajaí

Não faltou emoção na classificação do Atlético Itajaí para a grande final da Série C do Campeonato Catarinense. Após empates em 1 a 1 no tempo normal e 0 a 0 na prorrogação, o Atlético eliminou o Carlos Renaux na tarde deste domingo, no estádio Roberto Santos Garcia, em Camboriú, e carimbou sua vaga na decisão. Bruno Andrade fez o gol atleticano, enquanto Fábio empatou para os brusquenses nos minutos finais do segundo tempo. Como tinha melhor campanha, o Atlético levou vantagem com a igualdade no placar.

Agora o Atlético Itajaí decide o título e a vaga na Série B do próximo ano contra o Próspera, que eliminou a Caçadorense. A primeira partida da final acontece no próximo sábado, em Criciúma. Já o duelo de volta, com mando do Atlético, será no final de semana seguinte. Assim como na semifinal, o Atlético tem a vantagem do empate na prorrogação em caso de igualdade de pontos na final.

O jogo

Repetindo o que aconteceu no empate em 0 a 0 em Brusque, no jogo de ida, o primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio e as poucas chances de gol. Na melhor oportunidade, o Atlético abriu o placar. Aos 37 minutos, Hadrian cobrou escanteio e Bruno Andrade acertou bela cabeçada no canto. O Carlos Renaux chegou apenas em um chute de fora da área de Alisson, que Edmar fez grande defesa.

Na etapa final o Carlos Renaux aumentou a pressão em busca do empate. Aos sete minutos, Edmar foi obrigado a fazer uma sequência de três grandes defesas em lance de escanteio. O Atlético respondeu em contra-ataque aos 13 minutos. Bruno Andrade cruzou e Jean Carlos cabeceou rente ao travessão.

Aos 26, o Carlos Renaux só não empatou a partida por conta de mais uma grande defesa de Edmar, que defendeu a finalização cara a cara de Fábio. Até que aos 43 minutos, o goleiro do Atlético nada pôde fazer. Fábio foi lançado na cara do gol e tocou por cobertura para empatar o jogo, forçando a prorrogação.

Nos 30 minutos adicionais, o Atlético teve controle do jogo e foi pouco ameaçado. A única jogada de perigo do Carlos Renaux veio em um chute de Alisson no ângulo que Edmar fez grande defesa. Explorando os contra-ataques, o Atlético teve grande chance com Jean Carlos aos três minutos do segundo tempo. O atacante ganhou na velocidade da zaga e tocou na saída do goleiro. A bola ia entrando, mas o volante William tirou em cima da linha.

Já nos acréscimos da prorrogação foi a vez de Renan Matheus sair cara a cara com o goleiro do Carlos Renaux. O atacante do Atlético foi derrubado na entrada da área e o goleiro Nathan acabou expulso. Jean Carlos cobrou a falta no ângulo, mas William, improvisado de goleiro, evitou o gol. Aí foi só esperar o apito final do árbitro para comemorar a classificação junto com a torcida.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.