- PUBLICIDADE -

Atleta de Balneário Camboriú vai participar de dois eventos internacionais de Kung Fu Sanda

Lucas Sorin participará dos Jogos Olímpicos Universitários de 2017 – 29th Summer Universiade, que é uma preparação para o Mundial

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

Lucas Sorin
(Divulgação)

O lutador Lucas Sorin, vai representar Balneário Camboriú e o Brasil em uma competição importante para a sua carreira no Kung Fu Sanda. A partir deste sábado (19) até 31 de agosto, o atleta participará dos Jogos Olímpicos Universitários de 2017 – 29th Summer Universiade, realizado em Taipei, na China. Esse é o segundo maior evento esportivo do mundo e a estreia da modalidade na competição.

Com uma rotina intensa de treinos, a expectativa de Lucas é conseguir colocar o município e o país no topo do pódio internacional. “Tenho me preparado desde o meu último mundial, em 2015. Não perdi nenhuma luta desde então, estou focado e pronto para esses desafios. Os jogos olímpicos serão uma preparação para o Mundial, pois é uma competição de alto nível. Estou indo para me superar, dar o meu máximo, quero fazer as melhores lutas da minha vida”, ressalta. O sonho do atleta é medalhar no Mundial.

Lucas é natural de Balneário Camboriú e com apenas 24 anos de idade vem trilhando uma caminhada de sucesso desde 2007, quando começou no esporte por incentivo do pai que queria que ele fizesse uma atividade de defesa pessoal. Em 2012, com as primeiras conquistas em campeonatos, Sorin viu no Kung Fu a possibilidade de seguir uma carreira promissora.

Ele coleciona muitos títulos e medalhas: foi oito vezes campeão catarinense; campeão Brasileiro em 2012, 2015 e 2016; campeão Pan-Americano em 2014 e 2016; campeão Sul-Americano em 2015 e 2017; e único catarinense na história a lutar um mundial de Kung Fu Sanda – disputado em 2015 (o evento é realizado a cada dois anos), na Indonésia, onde ficou com o 9º lugar. O atleta também faz parte da Seleção Brasileira masculina de Kung Fu (Boxe Chinês) desde 2013.

Lucas é professor da escolinha de Boxe Chinês da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú (FMEBC); e técnico da equipe de rendimento, formando outros atletas de destaque na modalidade. “Hoje não me vejo fazendo outra coisa da vida, o Kung Fu é a minha maior alegria. Quero seguir lutando e trabalhando com isso para sempre” revela.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.