Atlântica Ativa acontece novamente na Barra Norte

O programa acontece das 7h às 12h30

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Ricardo Oliveira/Divulgação PMBC/Click Camboriú

O programa Atlântica Ativa acontece pela segunda vez neste domingo (30), da Praça Almirante Tamandaré em direção a Barra Norte, das 7h às 12h30. A mudança do trecho que ficará em meia pista foi definida após reunião do Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN), com as organizações da sociedade civil organizada. O intuito é que o projeto seja semanal até o início da temporada de verão.

A ação é Lei no Município e faz parte do calendário oficial da cidade desde 2014. O Atlântica Ativa é uma pista voltada para o lazer, uma extensão da ciclofaixa. “Todos são convidados a participar com seus patinetes, patins, bicicletas e skates, ou para caminhar e correr. Nossa intenção é tornar a prática esportiva corriqueira e ferramenta de integração entre os munícipes”, falou um dos organizadores do evento, Luiz Carlos Chaves Júnior.

Chaves conta que empresas do setor privado doaram 200 cones para a maior segurança da ação. “Vamos espalhar pela avenida mais demarcações do limite das pistas, para uma maior tranquilidade dos frequentadores”, disse ele.

De acordo com a gestora do FUMTRAM, Maria Cristina Andrade, o projeto serve para a conscientização dos benefícios do transporte alternativo. “A implementação da ciclofaixa de lazer permitirá que a população de Balneário Camboriú e também seus visitantes se apropriem da cidade e compreendam a importância de espaços destinados à prática esportiva para também entenderem o benefício de utilizar a bicicleta como meio de transporte no dia a dia, exatamente como em muitas cidades do mundo”, falou a gestora.

Agentes de trânsito farão o monitoramento do Atlântica Ativa ao longo do trajeto.O programa Atlântica Ativa acontece pela segunda vez neste domingo (30), da Praça Almirante Tamandaré em direção a Barra Norte, das 7h às 12h30. A mudança do trecho que ficará em meia pista foi definida após reunião do Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN), com as organizações da sociedade civil organizada. O intuito é que o projeto seja semanal até o início da temporada de verão.

A ação é Lei no Município e faz parte do calendário oficial da cidade desde 2014. O Atlântica Ativa é uma pista voltada para o lazer, uma extensão da ciclofaixa. “Todos são convidados a participar com seus patinetes, patins, bicicletas e skates, ou para caminhar e correr. Nossa intenção é tornar a prática esportiva corriqueira e ferramenta de integração entre os munícipes”, falou um dos organizadores do evento, Luiz Carlos Chaves Júnior.

Chaves conta que empresas do setor privado doaram 200 cones para a maior segurança da ação. “Vamos espalhar pela avenida mais demarcações do limite das pistas, para uma maior tranquilidade dos frequentadores”, disse ele.

De acordo com a gestora do FUMTRAM, Maria Cristina Andrade, o projeto serve para a conscientização dos benefícios do transporte alternativo. “A implementação da ciclofaixa de lazer permitirá que a população de Balneário Camboriú e também seus visitantes se apropriem da cidade e compreendam a importância de espaços destinados à prática esportiva para também entenderem o benefício de utilizar a bicicleta como meio de transporte no dia a dia, exatamente como em muitas cidades do mundo”, falou a gestora.

Agentes de trânsito farão o monitoramento do Atlântica Ativa ao longo do trajeto.O programa Atlântica Ativa acontece pela segunda vez neste domingo (30), da Praça Almirante Tamandaré em direção a Barra Norte, das 7h às 12h30. A mudança do trecho que ficará em meia pista foi definida após reunião do Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN), com as organizações da sociedade civil organizada. O intuito é que o projeto seja semanal até o início da temporada de verão.

A ação é Lei no Município e faz parte do calendário oficial da cidade desde 2014. O Atlântica Ativa é uma pista voltada para o lazer, uma extensão da ciclofaixa. “Todos são convidados a participar com seus patinetes, patins, bicicletas e skates, ou para caminhar e correr. Nossa intenção é tornar a prática esportiva corriqueira e ferramenta de integração entre os munícipes”, falou um dos organizadores do evento, Luiz Carlos Chaves Júnior.

Chaves conta que empresas do setor privado doaram 200 cones para a maior segurança da ação. “Vamos espalhar pela avenida mais demarcações do limite das pistas, para uma maior tranquilidade dos frequentadores”, disse ele.

De acordo com a gestora do FUMTRAM, Maria Cristina Andrade, o projeto serve para a conscientização dos benefícios do transporte alternativo. “A implementação da ciclofaixa de lazer permitirá que a população de Balneário Camboriú e também seus visitantes se apropriem da cidade e compreendam a importância de espaços destinados à prática esportiva para também entenderem o benefício de utilizar a bicicleta como meio de transporte no dia a dia, exatamente como em muitas cidades do mundo”, falou a gestora.

Agentes de trânsito farão o monitoramento do Atlântica Ativa ao longo do trajeto.O programa Atlântica Ativa acontece pela segunda vez neste domingo (30), da Praça Almirante Tamandaré em direção a Barra Norte, das 7h às 12h30. A mudança do trecho que ficará em meia pista foi definida após reunião do Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN), com as organizações da sociedade civil organizada. O intuito é que o projeto seja semanal até o início da temporada de verão.

A ação é Lei no Município e faz parte do calendário oficial da cidade desde 2014. O Atlântica Ativa é uma pista voltada para o lazer, uma extensão da ciclofaixa. “Todos são convidados a participar com seus patinetes, patins, bicicletas e skates, ou para caminhar e correr. Nossa intenção é tornar a prática esportiva corriqueira e ferramenta de integração entre os munícipes”, falou um dos organizadores do evento, Luiz Carlos Chaves Júnior.

Chaves conta que empresas do setor privado doaram 200 cones para a maior segurança da ação. “Vamos espalhar pela avenida mais demarcações do limite das pistas, para uma maior tranquilidade dos frequentadores”, disse ele.

De acordo com a gestora do FUMTRAM, Maria Cristina Andrade, o projeto serve para a conscientização dos benefícios do transporte alternativo. “A implementação da ciclofaixa de lazer permitirá que a população de Balneário Camboriú e também seus visitantes se apropriem da cidade e compreendam a importância de espaços destinados à prática esportiva para também entenderem o benefício de utilizar a bicicleta como meio de transporte no dia a dia, exatamente como em muitas cidades do mundo”, falou a gestora.

Agentes de trânsito farão o monitoramento do Atlântica Ativa ao longo do trajeto.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -