Festival de Teatro e Artes Integradas para a Infância acontece em Itajaí

Serão sete dias de programação gratuita imperdível, com muita arte, cultura, convívio e diversão

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Jogaderia resgata cultura dos jogos de tabuleiro no Balneário Shopping neste final de semana

Evento especial objetiva conectar as pessoas e proporcionar experiências com jogos longe das telas eletrônicas

Apresentações de teatro, show musical, uma mostra internacional de cinema, uma instalação com permanência de trinta dias na cidade, ações de mediação em artes visuais e audiovisual, oficinas e roda de conversa são algumas das atrações que o 3º Festinfante proporciona ao público de Itajaí e região. O festival que tem como foco os “miúdos” inicia no domingo (30 de junho) e vai até o sábado (06 de julho). O espetáculo “A menina e sua sombra de menino”, de Florianópolis, abre a programação no domingo às16h, no Teatro do Sesc Itajaí.

As apresentações – que podem receber turmas escolares com agendamento prévio – acontecem também no Teatro Municipal de Itajaí, em algumas escolas públicas da cidade e na Praça do Museu do Bairro Itaipava. Todos os locais das atividades possuem acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida e cadeirantes. As atividades da programação são inteiramente gratuitas, com ingressos distribuídos sempre uma hora antes do evento, no local. Para conferir a programação completa acesse: www.festinfante.com.br e para participar das oficinas ou realizar agendamentos escolaresas inscrições devem ser feitas através do e-mail [email protected]

“Vão ter histórias que em geral são para adultos agora feitas para crianças e até histórias de assombração. Vai ter menina que tem que brigar pra brincar do que quiser, moço de bicicleta apaixonado por pedras e pássaros, músicos em cima de um rinoceronte, cachorro que vira anjo, histórias felizes e outras um pouco tristes, afinal, a gente fica triste de vez em quando. Vai ter semente que vira gente, criança que vira desenho, desenho que vira criança, casulo em que a gente imagina com as mãos, obra de arte que se faz com os pés e com o corpo todo”, adianta Andréa Rosa, idealizadora e coordenadora do Festinfante.

Este ano o Festinfante reúne apresentações de grupos dos três estados do Sul do Brasil: Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.A curadoria e seleção da programação ficou por conta da atriz e produtora Andréa Rosa, do ator e diretor Daniel Olivetto e da especialista em Arte-Educação, Deda Silveira.

“Teatro, dança, música, artes visuais, literatura, cinema… chegou tanta coisa linda por aqui que deu até um aperto no coração na hora de escolher, mas aos pouquinhos foi dando uma alegria daquelas de ver a programação sendo pensada e organizada, saindo da nossa cabeça, indo pro papel e virando festival”, conta Daniel Olivetto, curador do Festival.

3º Festinfante é patrocinado pelo Edital de Apoio a Eventos Culturais Comunitários da Prefeitura Municipal de Itajaí através da Fundação Cultural de Itajaí e conta com o apoio e parceria do Sesc Itajaí, Vila Sete Zero Cinco – Casa da Arte, Silvestre Som e Programa Cultura e Travessura da Secretaria Municipal de Educação.

Programação completa:

30 de Junho (DOMINGO)

16h : Teatro do Sesc (3º andar) – Centro

  • ESPETÁCULO DE ABERTURA: A Menina e sua Sombra de Menino
  • Malagueta Produções (Florianópolis/SC).
  • Inspirado na obra “A História de Júlia e sua Sombra de Menino” de Christian Bruel
  • Direção: Pepe Sedrez
  • Com: Egon Seidler e Paula Bittencourt
  • Sinopse: Você parece um menino! Você parece uma menina! Ela gosta de brincar de carrinho e de boneca. Ele gosta de brincar de bambolê e de futebol. Mas de tanto os outros criticarem o seu jeito autêntico, um dia ela percebe que sua sombra é de um menino. E isso ela não quer! Ela só quer o direito de ser ela mesma. Afinal, o que são “coisas de menino” e “coisas de menina”?
  • Duração: 45 minutos
  • Classificação Etária: Livre (recomendado a partir de 4 anos)
  • Linguagem: Teatro

17h : Galeria de Artes do Sesc (3º andar) – Centro

  • EXPOSIÇÃO: NOSCASULOS – ABERTURA E CONVERSA COM A ARTISTA
  • Maria Carmen Von Linsingen (Blumenau /SC)
  • Sinopse: A instalação NOSCASULOS da artista blumenauense Maria Carmen Von Linsingen nos convida a habitar um universo interativo onde um grande casulo “DOADOR” expele cores pelo espaço, contaminando mantas pretas de lã com pequenos casulos coloridos expostos, casulos que em seu interior, escondem surpresas. A experiência proposta pela artista nos envolve pela visualidade e amplia ainda mais seu sentido pela experiência e consciência táteis. Entendendo a criança como ser sensível, observador e aberto, o projeto busca o encontro entre o CORPO – constituidor de toda a origem dos sentimentos – e a ARTE – manifestação estética, comunicativa e sensível – em um território lúdico e afetivo.
  • Classificação Etária: Livre
  • Linguagem: Artes Visuais
  • *A exposição permanece em cartaz até 30/07

01 de Julho (SEGUNDA)

9h : Sesc – Auditório 1 (6° andar) – Centro

  • Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”
  • Sobre a Mostra: parceria do Sesc com a Instituição Civil Nueva Mirada a mostra dá acesso à variadas formas de ver o mundo, suas diferentes realidades e culturas propondo uma mostra de cinema voltada a refletir os temas que circundam a infância e a juventude a partir de filmes que normalmente os brasileiros não têm acesso na televisão ou nas salas comercias de cinema. Integram a mostra filmes de curta e de longa-metragem de dezesseis países diferentes como Canadá, Eslováquia, Letônia, Países Baixos, Rússia, Suécia e Suíca, entre outros.
  • Classificação Etária: a partir de 4 anos
  • Duração: aproximadamente 40 minutos cada sessão, seguida de um bate papo
  • Linguagem: Audiovisual
  • Mediação – Roda de conversa: Caroline Carvalho

14h às 17h30 : Sesc (3º andar) – Centro

  • OFICINA: Corpo à Obra
  • Maria Carmen Von Linsingen (Blumenau /SC)
  • Sobre a oficina: Feltragem com crianças é uma atividade lúdica em que a arte é uma séria brincadeira. Uma oportunidade para crianças entrarem em contato com a lã de carneiro, um material que se não preparado e usado pela indústria, acaba sendo descartado de forma inadequada. Nesta atividade, sustentabilidade e estética promovem diálogo sensível com a arte contemporânea e o universo infantil. O resultado da oficina é uma obra única, que pode ser exposta posteriormente valorizando o processo vivenciado pelas crianças e potencializando a atividade como mediação para a arte.
  • Público: a partir de 6 anos / Linguagem: Artes Visuais
  • Limite de público: 10 crianças

02 de Julho (TERÇA)

9h : Sesc – Auditório 1 (6° andar) – Centro

  • Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”
  • Sobre a Mostra: parceria do Sesc com a Instituição Civil Nueva Mirada a mostra dá acesso à variadas formas de ver o mundo, suas diferentes realidades e culturas propondo uma mostra de cinema voltada a refletir os temas que circundam a infância e a juventude a partir de filmes que normalmente os brasileiros não têm acesso na televisão ou nas salas comercias de cinema. Integram a mostra filmes de curta e de longa-metragem de dezesseis países diferentes como Canadá, Eslováquia, Letônia, Países Baixos, Rússia, Suécia e Suíca, entre outros.
  • Classificação Etária: a partir de 4 anos
  • Duração: aproximadamente 40 minutos cada sessão, seguida de um bate papo
  • Linguagem: Audiovisual
  • Mediação – Roda de conversa: Caroline Carvalho

15h : Teatro Municipal de Itajaí – Fazenda (apresentação acessível em LIBRAS)

  • ESPETÁCULO: Jardim – um solo poético para crianças
  • Tecer Teatro – Arte, Educação e Cultura (Curitiba/PR)
  • Texto: Carolina Santana
  • Direção: Cristine Conde
  • Com: Fabiana Ferreira
  • Sinopse: O espetáculo teatral “Jardim” foi construído com os pedacinhos do que somos: lembranças, descobertas, memórias e sensações. Com essa matéria criamos um pequeno mundo delicado, uma gota de orvalho solta no espaço onde a poesia se revela. Construímos uma fantasia sobre a existência, contemplando a vida e a passagem do tempo. Viver e morrer: brotar, crescer, dar frutos e voltar a ser semente.
  • Duração: 30 minutos
  • Classificação Etária: Livre (recomendado para crianças de 3 a 6 anos)
  • Linguagem: Teatro

03 de Julho (QUARTA)

9h : Sesc – Auditório 1 (6° andar) – Centro

15h : Escola Pública

  • Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”
  • Sobre a Mostra: parceria do Sesc com a Instituição Civil Nueva Mirada a mostra dá acesso à variadas formas de ver o mundo, suas diferentes realidades e culturas propondo uma mostra de cinema voltada a refletir os temas que circundam a infância e a juventude a partir de filmes que normalmente os brasileiros não têm acesso na televisão ou nas salas comercias de cinema. Integram a mostra filmes de curta e de longa-metragem de dezesseis países diferentes como Canadá, Eslováquia, Letônia, Países Baixos, Rússia, Suécia e Suíca, entre outros.
  • Classificação Etária: a partir de 4 anos
  • Duração: aproximadamente 40 minutos cada sessão, seguida de um bate-papo
  • Linguagem: Audiovisual
  • Mediação – Roda de conversa: Caroline Carvalho

15h : Teatro Municipal de Itajaí – Bairro Fazenda

  • ESPETÁCULO: CaÊ
  • Karma Cia de Teatro (Itajaí/SC)
  • Dramaturgia e Direção: Max Reinert
  • Com: Mauro Filho
  • Sinopse: CaÊ segue a vida na velocidade de sua bicicleta. De lugar em lugar, de caminho em caminho, vai plantando e colhendo sonhos por onde passa. Mas, para quem está na estrada, cada encontro pode ser uma surpresa. Cada parada pode ser uma chance para encontrar algo novo. E cada noite é uma porta de entrada para outros mundos ainda mais surpreendentes…
  • Duração: 40 minutos
  • Classificação Etária: recomendado a partir de 5 anos
  • Linguagem: Teatro
  • *As primeiras escolas que realizarem agendamento para assistir o espetáculo CaÊ receberão na escola uma ação de mediação artística feita pelo artista, arte educador e ator do espetáculo, Mauro Filho. Essa ação será previamente agendada pela coordenação do festival e se dará em data anterior ao dia da apresentação.

04 de Julho (QUINTA)

9h e 15h : Escolas Públicas

  • Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”
  • Sobre a Mostra: parceria do Sesc com a Instituição Civil Nueva Mirada a mostra dá acesso à variadas formas de ver o mundo, suas diferentes realidades e culturas propondo uma mostra de cinema voltada a refletir os temas que circundam a infância e a juventude a partir de filmes que normalmente os brasileiros não têm acesso na televisão ou nas salas comercias de cinema. Integram a mostra filmes de curta e de longa-metragem de dezesseis países diferentes como Canadá, Eslováquia, Letônia, Países Baixos, Rússia, Suécia e Suíca, entre outros.
  • Classificação Etária: a partir de 4 anos
  • Duração: aproximadamente 40 minutos cada sessão, seguida de um bate papo
  • Linguagem: Audiovisual
  • Mediação – Roda de conversa: Caroline Carvalho

15h : Teatro do Sesc (3º andar) – Centro (apresentação acessível em LIBRAS)

19h30 :: Praça do Museu Etno-arqueológico – Itaipava

  • ESPETÁCULO: Esticando as Canelas – Contos para Enganar a Morte
  • Cia Contacausos (Chapecó/SC)
  • Texto: Contos Populares
  • Livre adaptação das versões de Ricardo Azevedo em “Contos de Enganar a Morte”
  • Concepção e Narração: Josiane Geroldi
  • Sinopse: Era Uma Vez… A Morte! “Esticando as Canelas” é um espetáculo que nos apresenta histórias da tradição oral brasileira que falam sobre a hora de esticar as canelas, abotoar o paletó, entregar a rapadura, bater as botas… Os contos envolvem de forma descontraída o universo simbólico e as representações populares construídas em torno da Morte. Cheias de humor e astúcia essas narrativas nos apresentam personagens que para escapar e enganar a “temida famigerada” dão um show de esperteza e criatividade, revelando assim, um inestimável amor à vida.
  • Duração: 45 minutos
  • Classificação Etária: recomendado a partir de 8 anos
  • Linguagem: Literatura/Teatro

05 de Julho (SEXTA)

9h e 15h : Escolas Públicas

  • Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”
  • Sobre a Mostra: parceria do Sesc com a Instituição Civil Nueva Mirada a mostra dá acesso à variadas formas de ver o mundo, suas diferentes realidades e culturas propondo uma mostra de cinema voltada a refletir os temas que circundam a infância e a juventude a partir de filmes que normalmente os brasileiros não têm acesso na televisão ou nas salas comercias de cinema. Integram a mostra filmes de curta e de longa-metragem de dezesseis países diferentes como Canadá, Eslováquia, Letônia, Países Baixos, Rússia, Suécia e Suíca, entre outros.
  • Classificação Etária: a partir de 4 anos
  • Duração: aproximadamente 40 minutos cada sessão, seguida de um bate papo
  • Linguagem: Audiovisual
  • Mediação – Roda de conversa: Caroline Carvalho

10h : Sesc – Auditório 1 (6° andar)

  • RODA DE CONVERSA: Infância, Arte e Mediação
  • Público: Mães e pais, artistas, professores, arte educadores, gestores públicos, produtores culturais,  público em geral interessado.

15h : Teatro do Sesc (3º andar) – Centro

  • ESPETÁCULO: Vida Seca
  • Cia ETC I TAL (Navegantes-Itajaí/SC)
  • Dramaturgia: Cidval Batista Jr. e Max Reinert
  • Direção: Max Reinert /Com: Cidval Batista Jr
  • Sinopse: Livremente inspirada na obra “Vidas Secas” de Graciliano Ramos e na pintura “Retirantes” de Candido Portinari, a Cia. Etc I Tal, em comemoração aos seus 20 anos de carreira, apresenta “Vida Seca”. O espetáculo, com a técnica tradicional de bonecos de luva, apresenta personagens abalados pela seca, obrigados a migrar em busca de água. Personagens emblemáticas do imaginário brasileiro tem que lidar com a fome e a opressão, fazendo girar a roda da história. E então, tudo recomeça.
  • Duração: 40 minutos
  • Classificação Etária: Livre (recomendado a partir de 5 anos)
  • Linguagem: Teatro

15h às 17h: Sesc (3º andar) – Centro – Para crianças de 5 a 10 anos

19h às 21h : Sesc (3º andar) – Centro – Para crianças e seus pares adultos

  • OFICINA: Desenhança
  • Guadalupe Rausch – Projeto Desenhança (Porto Alegre/RS)
  • Sobre a oficina: “Desenhança” é um projeto que une as linguagens do desenho e da dança. Na oficina, direcionada para crianças ou crianças e adultos juntos, os participantes são convidados a experimentar proposições que explorem os limites e atravessamentos entre a dança e o desenho. Ao seu alcance basicamente papel em dimensões grandes e outros materiais para experimentar novos caminhos e desafios corporais e gráficos ressignificando a dança e o desenho e se expressando através delas, refrescando o olhar e o corpo numa atmosfera de jogo, brincadeira, cooperação.
  • Duração: 2 horas
  • Vagas: 20 vagas na turma da tarde / 30 vagas na turma da noite
  • Linguagem: Dança/Artes Visuais

6 de Julho (SÁBADO)

10h às 12h : Teatro do Sesc (3º andar) – Centro

  • JAM: DesenhançaGuadalupe Rausch – Projeto Desenhança (Porto Alegre/RS)
  • Sobre o trabalho: Jam, uma sigla emprestada do jazz (jazz after midnigth), significa um momento de livre improvisação coletiva. Na Jam Desenhança o participante pode experienciar um momento de escuta e criação coletiva. Grandes dimensões de parede forradas de papel e materiais de desenho ao seu alcance. Crianças e adultos são convidados a mover-se, ocupar o espaço, desenhar livremente e à vontade embalados pela música ao vivo também improvisada e em escuta com os músicos convidados e quem mais se sentir à vontade para produzir um som. O único limite é a borda da folha gigante de papel. Em Desenhança, dança é um corpo em movimento no espaço e desenho é um registro de uma experiência.
  • Duração: 2 horas
  • Público: Crianças e adultos. São 40 vagas para quem queira integrar a prática coletiva de improvisação (crianças e seus pares adultos) mais o público em geral que pode apreciar/assistir o improviso.
  • Linguagem: Dança/Artes Visuais

16h : Teatro do Sesc (3º andar) – Centro

  • SHOW: Outras Viagens no Dorso do Rinoceronte No Dorso do Rinoceronte (São José/SC) Com: Silvio Mansani (voz, violão, pandeiro e ukulele), Marco Lorenzo (gaita de boca, clarinete, flauta e rabeca) e Luís Canela (guitarra e voz).
  • Sinopse: Os compositores Silvio Mansani e Emilio Pagotto se debruçaram sobre o universo infantil e idealizaram o projeto No Dorso do Rinoceronte. Com dois CD’s lançados – No Dorso do Rinoceronte (2008) e Outras Viagens do Dorso do Rinoceronte (2013) – o repertório passa por ritmos como baião, o samba-choro, a salsa, a marchinha e o reggae, explorando diversas linguagens musicais. Destaque para a série de canções do parque de diversões e as histórias cantadas do “Aniversário do urubu” e a “Lenda do brilho da lua”.
  • Duração: 60 min
  • Classificação Etária: Livre (recomendado a partir de 3 anos)
  • Linguagem: Música

COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Clínica Beleti: reabilitação orofacial e estética

Conheça um pouco do que a reabilitação orofacial pode fazer por você
- Publicidade -