Divulgação

Choque. Este é o sentimento que as obras da exposição “Violência contra mulher e a criança” causam aos visitantes. Esta é a exata reação que Mirian Arceno Rocha desejava despertar quando em 2016 planejou uma exposição com esse tema.

Em um primeiro momento, a artista plástica camboriuense, revela que foi a participação em um curso sobre sexualidade que a inspirou a pintar essas obras. Entretanto, é através das tintas, pinceis e quadros que ela compartilha a sua história. Com uma infância marcada por abusos físicos e emocionais, Mirian, infelizmente, admite não ter faltado inspiração para as telas que hoje estão expostas no hall da Câmara de Vereadores de Camboriú.

“Meu objetivo não é vender os quadros, mas sim, divulgá-los e através deles promover o combate e a prevenção da violência contra a mulher e o abuso de menores”, conta a artista. O desejo de Mirian em aproveitar o mês da mulher para difundir esta ideia era tão grande, que ela criou a maioria das obras em menos de 30 dias.

A exposição é aberta ao público e pode ser prestigiada das 13h às 19h, de segunda à sexta-feira, até o dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher.


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)