Divulgação

O Sarau da Tainha de março, que ocorre neste sábado, 9.mar.2019, na Praça do Pescador, no Bairro da Barra, será dedicado às mulheres. Gratuito, o evento começa às 19h e contará com música, bate-papos, feira de livro, entre outras atrações.

A programação, alusiva ao Dia Internacional da Mulher (8 de Março), será aberta com o Cerco de Ideias, que são discussões com convidados especiais com o objetivo de aprofundar diálogos sobre temáticas do interesse do público que frequenta o Sarau da Tainha e da comunidade do Bairro da Barra. Neste sábado, quando ocorre a primeira edição do Cerco de Ideias, o foco das discussões será a produção cultural feminina, principalmente na literatura. Para falar do assunto, foram convidadas a escritora Juliana Ben, de Florianópolis, a escritora Katherine Funke, de Joinville, e a produtora cultural Luciana Siebert, de Balneário Camboriú. A contadora de histórias Édina Calegaro será a mediadora.

A atração musical será a banda Cores de Aidê. Formada por mulheres, a Cores de Aidê surgiu em Florianópolis em 2015, concretizando um sonho da regente e percussionista do grupo, Sarah Massí, que pretendia formar uma banda de samba-reggae feminina, já que o meio percussivo é predominantemente masculino no cenário musical do país.

O Sarau da Tainha também contará com a presença do coletivo feminino Abrasabarca, que lançará o livro “Abrasabarca”. Na obra, está parte da produção poética do coletivo, que surgiu em Florianópolis e é formado por mulheres poetas.

O evento terá ainda o 2º Encontro de Editoras Independentes, o qual vai reunir produtores de impressos da região para um intercâmbio e divulgação dos produtos. Participarão as editoras Micronotas, de Joinville, Butecanis, de Camboriú, Ipêamarelo, de Itajaí, Traços & Capturas, de Itajaí, o Coletivo Virginia de Literatura & Mulheres, de Joinville, e a artista visual Michelli Catarina, de Joinville.

Também estão na programação o Microfone Aberto (que é um espaço para as pessoas se manifestarem), distribuição do tradicional caldo de peixe e muitas histórias de pescador. O público pode levar uma cadeira de praia para apreciar o evento, que vai até as 23h. Se chover, o Sarau da Tainha ocorrerá no Atelier Casa Linhares, localizado ao lado da praça.

Realizado pelo coletivo Peixaria Cultural, o Sarau da Tainha tem o apoio da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, por meio do edital de apoio a eventos. Desde quando foi criado, em 2015, o Sarau da Tainha ocupa a Praça do Pescador para reforçar a identidade cultural do Bairro da Barra e fortalecer a cena artística independente. O evento ocorre no primeiro sábado de cada mês. No entanto, em razão do Carnaval, a edição de março será no segundo sábado.

Ainda nesta quinta-feira, 7.mar.2019, uma ligação irregular de esgoto foi lacrada na Avenida do Estado.

Posted by Click Camboriú on Thursday, March 7, 2019


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)