- PUBLICIDADE -

Taquaras e Estaleirinho recebem o projeto CineAgreste neste fim de semana

No sábado, 26.jan.2019, a Praia de Taquaras recebe o projeto, e no domingo, 27.jan.2019, a Praia do Estaleirinho é a contemplada

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?
Taquaras
Divulgação

Neste fim de semana, o projeto CineAgreste realiza as duas últimas sessões de cinema desta edição. No sábado, 26.jan.2019, é a vez da Praia de Taquaras receber o projeto, e no domingo, 27
.jan.2019, a Praia do Estaleirinho é a contemplada.

Ambas as sessões ocorrem às 20h. O CineAgreste é um projeto que tem como objetivo levar um cinema itinerante pelas praias agrestes de Balneário Camboriú, apresentando filmes catarinenses e expondo a arte da região.

Na praia de Taquaras, o filme reproduzido será a Ilha de Ícaro, com direção de Helen Francine. O curta-metragem conta a história do primeiro guarda-vidas de Balneário Camboriú e criador de cabras na Ilha das Cabras. O local da exibição será o deck do restaurante Taquaras.

Já na Praia do Estaleirinho, a sessão será ao lado do quiosque Pé na Areia, localizado na Rua José Amaro da Cunha. O filme escolhido foi Pesca Artesanal, do diretor Lallo Bocchino, a produção retrata a história dos pescadores do município de Laguna,  envolvendo o universo da pesca, trazendo à tona os desafios e práticas dos pescadores locais.

O programa CineAgreste é executado pela Peixaria Cultural, com o apoio da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, por meio do Edital de Apoio a Eventos. Em caso de chuva, as exibições serão remanejadas para outra data.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -