- PUBLICIDADE -

Espetáculo ‘Os Mequetrefe’ será apresentado no Teatro Bruno Nitz nesta quarta-feira, 14

A entrada é gratuita, e ingressos devem ser retirados uma hora antes na bilheteria do Teatro

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?
Os Mequetrefe Divulgação
Divulgação

O Teatro Municipal Bruno Nitz recebe a comédia “Os Mequetrefe” nesta quarta-feira, 14, às 20h. A entrada é gratuita. “Os Mequetrefe”, com os Parlapatões, faz parte do projeto Palco Giratório, do SESC, que circula o país com o objetivo de difundir as artes cênicas brasileiras e democratizar o acesso à cultura.

No espetáculo, quatro palhaços vivem um longo e divertido dia. Da hora de acordar à hora de dormir, o quarteto mostra que é possível outras maneiras de encarar a vida com a desconstrução da lógica cotidiana. Ao vivenciarem situações corriqueiras, os quatro cidadãos singulares, que curiosamente se chamam Dias, provocam confusões hilárias e poéticas.

A direção é de Alvaro Assad, e o roteiro, de Hugo Possolo. No elenco, estão Raul Barretto, Hugo Possolo, Fabek Capreri, Alexandre Bamba e Tadeu Pinheiro (ator substituto). Os Parlapatões completaram 25 anos de atividades em 2016. Centrados na comédia, os integrantes utilizam técnicas de circo e de teatro de rua.

Agende-se

O quê: Espetáculo “Os Mequetrefe”
Quando: Quarta-feira (14), às 20h
Onde: Teatro Municipal Bruno Nitz (Avenida Central nº 50, esquina com a Rua 300, Centro de Balneário Camboriú)
Quanto: Gratuito (ingressos devem ser retirados uma hora antes na bilheteria do Teatro)
Duração: 60 minutos
Classificação: Livre


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -