Agenda lotada para o 13º Festival de Música de Itajaí

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

O 13º Festival de Música de Itajaí começa nesta terça-feira com um cardápio de 45 atrações pela cidade – 5 shows nacionais, 22 oficinas (duas têm duplo horário), 1 workshop internacional, 6 noites de Jam session e choro, 10 intervalos para a Hora da Sineta e o encerramento. A abertura é amanhã, com o show Balansamba, de Roberto Menescal. A programação completa você pode conferir pelo site www.conservatoriodeitajai.com.br.

Começando pela agenda dos cinco shows nacionais, destaque para a abertura com Roberto Menescal, no dia 9. Aliás, o show mais procurado até agora em termos de público. Depois tem a estréia nacional do grupo Sonora Idéia (dia 10), o aguardadíssimo show internacional com o Paris Jazz Underground (dia 11), o adorável show Palavra Silêncio com o grupo Quebra Pedra e Rafael Macedo (dia 12) e no encerramento o show O imaginário sonoro do Brasil com o grupo gaúcho Expresso 25 (dia 13). Todos os shows nacionais serão no Teatro Municipal de Itajaí (rua Gregório Chaves, 111 – bairro Fazenda), a partir das 21 horas, com ingressos a R$ 20,00 e meia para estudantes e terceira idade. Os ingressos são vendidos na própria bilheteria do Teatro.

Depois dos shows, a maior atração são as 22 oficinas (são 20, mas 2 delas têm duplo horário), todas realizadas de 9 a 13, no Bloco de Música da Universidade do Vale do Itajaí. As oficinas serão com os professores Agnes Schmeling (oficina de didática e prática de coro infanto-juvenil), André Marques (oficina de piano brasileiro; oficina de harmonia da música popular), Arismar do Espírito Santo (oficina contrabaixo acústico e elétrico na música brasileira e no jazz; oficina de improviso e criação musical), Chico Santana (oficina bateria escola de samba: batucada afro-samba; oficina rítmica viva), João Castilho (oficina de guitarra; prática de conjunto), Kiko Freitas (oficinas de fundamentos e independência na bateria intermediário e avançado), Zé Paulo Becker (oficina de violão; oficina prática de choro), Pablo Trindade (oficina de MPB na linguagem coral; oficina de arranjo vocal), Maestro Roberto Sion (técnica e musicalidade para saxofonistas e flautistas; oficina de prática de orquestra experimental), Suely Mesquita (oficina VozinVento; oficina de produção e direção musical: os desafios da independência) e Marcelo de Cássio Barbosa (oficina de música e tecnologia: edição de partituras com o finale).

Ainda fazendo parte das oficinas, em todos os dias de aula haverá duas sessões da Hora da Sineta, totalizando 10 pequenas apresentações. A Hora da Sineta é um rápido show com alunos e professores que vai rolar duas vezes ao dia, de 9 a 13 de novembro, nos seguintes horários: das 11h30min às 12h e das 15h às 15h30min.

Encerrando a programação dentro da Univali, haverá o workshop internacional em pátio aberto com o grupo francês Paris Jazz Underground (PJU). Frisson entre os músicos brasileiros que participarão do festival, o PJU promete ser uma das maiores atrações em Itajaí. Durante o workshop, que vai rolar na tarde do dia 10 de novembro, os músicos vão comentar suas formas de compor e de improvisar, abrindo espaço para a prática de conjunto. Os músicos do Paris são Karl Jannuska, David Prez, Sandro Zerafa, Robin Nicaise, Romain Pilon, Yoni Zelnik e Amy Gamlen. Juntos, apresentam um jazz ultramoderno e uma nova e pouco conhecida produção jazzística parisiense. Os integrantes da banda são todos da capital francesa e compartilham uma estética comum: são independentes e combinam esforços para tocar sua música a um público mais vasto.

Paralelamente ao 13º Festival de Música de Itajaí ainda tem do dia 8 a 13, no Célios Restaurante, noites de Jam session e choro. As sessões começam com um “esquenta” no dia anterior à abertura oficial, em noite de choro com o Orelha de Cobra.

E pra quem acha que ainda acabou, haverá o grande dia do encerramento, na Praça Vidal Ramos. “A programação do encerramento ainda não está fechada, mas teremos um grande espetáculo com o coral infantil do município. Esse será o grande diferencial deste ano, com um trabalho social que vai além do papel do nosso festival”, comenta Age, revelando que no início da próxima semana será divulgada a programação oficial para o dia do encerramento.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -