Chester House, o primeiro fast food de Balneário Camboriú

Os lanches todos levavam produtos da Perdigão e o mais famoso era o Big Chester

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Tear Escola de Negócios abre novas turmas com aulas aos sábados

Inscrições abertas para o Programa de Desenvolvimento de Líderes da Tear Escola de Negócios

Inauguração da casa no dia 20 de dezembro de 1992 (Dalvo Franceschetto / Arquivo Pessoal)
Inauguração da casa no dia 20 de dezembro de 1992 (Dalvo Franceschetto / Arquivo Pessoal)

Considerada o primeiro fast food da cidade, a Chester House inaugurou em Balneário Camboriú no dia 20 de dezembro 1992.

O local tinha de 8 a 20 funcionários, que usavam uniforme amarelo nos dias de semana e uniforme branco no fim de semana. Era um misto de padaria, lanchonete e fiambreria.

Os pães, feito artesanalmente, incluía Leite Ninho na sua composição e iam da padaria direto para a lanchonete. O hambúrguer era grelhado e não feito na chapa, garantido mais qualidade no preparo.

Além dos lanches, um prato muito famoso era o peito grelhado de Chester, que acompanhava arroz, batata frita e salada. A cozinha, de inox escovado, era tida como a mais luxuosa de Balneário Camboriú.

Eram também feitos café da manhã para os turistas argentinos e jantar para a terceira idade. Os pedidos eram carregados em uma Ford F1 do ano de 1951, tida como a maior preciosidade da família proprietária.

Os lanches todos levavam produtos da Perdigão (hoje marca da BR Foods) e o mais famoso era o Big Chester, além de hambúrgueres de carne de gado e frango, incluindo também os infantis com os personagens da Turma da Mônica.

A proprietária Nayr Franceschetto, nascida em Erechim/RS em 22/06/1922 e falecida em Balneário Camboriú/SC em 14/10/2009, antes de inaugurar o fast food, havia sido dona de um hotel, que incluía um restaurante, e de uma floricultura. Dona Nayr, que morreu aos 87 anos, promovia a Julifest e ajudou muito a prefeitura na gestão de Leonel Arcângelo Pavan, ganhando várias honrarias.

A Chester House foi fechada em 1999 por decisão própria da família pelo fato de ser um local afastado da praia e por causa da crise do dólar. A casa continua sendo deles, como sempre foi.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Saiba onde comemorar o aniversário de Balneário Camboriú

Balaroti realiza no dia 20 de julho uma festa especial para os clientes
- Publicidade -