- PUBLICIDADE -

Segure o seu bolso

O poder público não produz nada; quem produz é o contribuinte

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

ImpostoQuando tomar um cafezinho inocente na padaria saiba o que pagará de impostos: 16,5% sobre o pó de café, mais 30,6% sobre o açúcar, mais 37% de taxas sobre a água.

Desde a década de 1980, a carga tributária subiu de 22% do PIB para os atuais 35%. Todos os governos aumentaram impostos. São 93 tributos em vigor, entre impostos, taxas e contribuição.

Os preços embutidos em cada produto, como no cafezinho, são pagos igualmente por quem ganha R$ 100 mil ou um salário mínimo. Proporcionalmente, quem tem renda menor é quem paga mais.

O contribuinte cada vez mais é massacrado pelo peso dos impostos. A contrapartida é cada vez pior: saúde, educação, transporte, e segurança pública. Falidos. O município, o Estado e a União cada vez mais sem recursos.

Não existe outra saída que não seja a privatização absoluta das empresas públicas, reforma tributária, e uma melhor escolha de nossos representantes políticos.

O poder público é um peso difícil de carregar. O poder público não produz nada. Quem produz é o contribuinte.  Eleição para vereador e prefeito se aproxima. Candidatos virão com os  sorrisos de sempre. Não se sabe do que estão a rir.

Anézio Telles Neto


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.